- Publicidade -
19.5 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Bebê internada: um dia especial na Santa Casa

- Publicidade -
Bebê internada: Um dia especial na Santa Casa
Papai Diego, mamãe Letícia, Lara de 2 meses e os outros filhos do casal

A última sexta-feira, 10, foi um daqueles dias especiais na Santa Casa de Poços de Caldas. Diego Antônio Ferreira, de 31 anos, e Letícia Maria Martins, de 30 anos, se casaram. Porém, a cerimônia teve uma ausência importante: a terceira filha do casal, Lara, de 2 meses, que está internada na Santa Casa com um quadro de convulsão. Sem poder contar com a filha na cerimônia, o casal e alguns familiares, em acordo com o corpo clínico do hospital, realizaram uma sessão de fotos com a bebê no jardim da Irmandade.

“Casamos no civil e como a Lara está internada e a gente não pode levar ela, optamos em conversar com os médicos e com os enfermeiros e eles liberaram para fazer as fotos no jardim do hospital. Acreditávamos que ela ia sair antes, mas, como ela não saiu, tivemos essa ideia e deu tudo certo. Foi muito emocionante, Deus está cuidando de tudo, Deus sabe de todas as coisas”, diz Diego, pai de Lara. 

- Publicidade -

Fortalecimento

Letícia, mãe de Lara, diz que eles pensaram até em remarcar a data do casamento para contar com a filha na cerimônia. Porém, na visão do casal, a união iria fortalecer mais o amor e trazer boas energias para a filha que está em uma situação delicada. “Nunca na minha vida imaginava passar por isso. Já tenho dois filhos e estou acostumada a ganhar neném e ir para casa e, de repente, esse contratempo muito doloroso. Tem sido dias muito difíceis. Chegamos a pensar em adiar o casamento, mas depois entendemos que fortalecer nossa união ia ser melhor para ela. Deus queria isso da gente e resolvemos fortificar isso e fortalecer porque ela precisa dessa força”, conta a mãe.  

Segundo Letícia, além de tudo correr bem, as boas energias do casamento realmente funcionaram para a filha, já que, no mesmo dia, receberam a notícia que vai dar certo a transferência da bebê para um hospital em Curitiba/PR, referência neste tipo de doença. “Foi muito emocionante, a gente queria que fosse de outra forma, queríamos ela com a gente, mas eu estou muito feliz da Santa Casa ter dado a oportunidade de descer com ela no jardim, fazer as fotos. São todos muito carinhosos com ela, eu fiquei muito feliz e, no mesmo dia, tive a boa notícia da transferência dela. Então, eu fiquei muito emocionada e muito feliz”, revela a mãe.

- Publicidade -

Transferência

“Agora ela vai para Curitiba tratar, ficar boazinha, em nome de Jesus. Lá é um centro de referência para esse caso dela, que é muito raro, já que, no segundo dia de vida, ela apresentou uma convulsão de difícil controle. A Santa Casa faz o possível, controla, mas, de repente, tem vários escapes, vem com remédio de ataque, ela fica boazinha de novo. Então, graças a Deus, a Santa Casa está preservando ela até ela ir para Curitiba, achar esse diagnóstico tão difícil”, completa a mãe da criança.

 

- Publicidade -

Outras notícias

Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!