- Publicidade -
16.7 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Diretores do Poços Já relatam trajetória do portal na última década

- Publicidade -

Atualmente é comum usar a internet para buscar informações e notícias locais. Mas, há 10 anos, quando o Poços Já estreou, a realidade era diferente em Poços.

A população estava acostumada a ter notícias da cidade apenas por meio de jornais impressos, programas de televisão e rádio. Os jornais online de nível nacional ganhavam ainda mais notoriedade e os jornalistas João Araújo e Juliano Borges perceberam que havia ali a chance de levar a informação de maneira rápida e confiável para os poços-caldenses.

- Publicidade -

“Identificamos a oportunidade de criar um modelo de negócio inovador, que democratizasse a informação de forma ágil e confiável. O portal de notícias foi a solução encontrada para superar as principais dificuldades dos veículos impressos, como o alto custo e a complexidade da produção. Além disso, a criação do portal estava alinhada com a visão de sustentabilidade e sobrevivência do negócio”, explica Juliano.

João lembra ainda que já havia portais de notícias na cidade. “Mas eles não produziam conteúdo próprio. Sabíamos que havia um espaço aberto e que a cidade precisava de um veículo jornalístico online”.

Juliano Borges, diretor comercial do Poços Já, e João Araújo, diretor de jornalismo

Ambos, que já tinham experiência na área jornalística, passaram a concentrar seus esforços no projeto. João usou suas vivências como produtor, repórter e diretor de jornalismo da TV Plan, e Juliano como repórter e fotógrafo, mas também com as referências da própria família. Ele é neto de Décio Alves de Morais, cofundador do Jornal Mantiqueira, entre outros veículos, e filho da jornalista e fotógrafa Rossmaly Borges. Como empreendedor de veículos impressos, Juliano já havia atuado ao lado do pai Paulo Celso Borges.

Quando o Poços Já foi ao ar pela primeira vez, em 26 de março de 2013, as expectativas eram muitas, assim como os obstáculos. “Sabíamos que era um projeto para muitos anos de trabalho. Teríamos que trabalhar muito até que resultados concretos aparecessem”, ressalta Juliano.

Os acessos ao portal começaram de forma tímida, mas cresceram com o tempo. Aos poucos, os leitores entenderam que não se tratava de um blog ou de um jornal de rede social, mas sim de um portal completo, com notícias locais de credibilidade.

Os desafios ainda pairavam na área comercial, afinal, os possíveis parceiros resistiram inicialmente. “Os primeiros anunciantes surgiram anos depois. Havia resistência do público e dos anunciantes no sentido de não acreditar no conteúdo online. Precisávamos explicar que não se tratava de um blog pessoal, mas sim de um portal de notícias”, pontua João.
Juliano ainda acrescenta que eles precisaram ir além. “Foi necessária muita perseverança e compreensão do mercado publicitário, audiência e argumentação de venda dos espaços comerciais. Com o passar do tempo, os primeiros parceiros se tornaram verdadeiros cases de sucesso do nosso negócio. Isso fez com que outros empresários percebessem que a forma de anunciar estava mudando”.

Uma década depois, com o portal entre os mais acessados da região, os jornalistas estão orgulhosos de um dia terem começado e tirado o sonho do papel.
“É importante parar para lembrar o que foi feito e as conquistas de todo esse período, porque é raro que isso aconteça no dia a dia. O portal é fruto de uma soma de esforços de todas as pessoas que passaram por aqui e o resultado disso é muito gratificante. Fico feliz em saber que milhares de pessoas se informam via Poços Já todos os dias e esse sempre foi o objetivo principal”, declara João.

Igualmente orgulhoso, Juliano ainda tenta absorver os resultados. “Confesso que pensar que já se passou uma década é um pouco assustador, mas gratificante. Parece que foi ontem. Mas, refletindo sobre essa história, dá muito orgulho do que construímos. Hoje, o Poços Já é um dos maiores portais de notícias da região. Mas a gente não quer se acomodar, pelo contrário. O que nos move é a busca constante pela inovação, excelência e credibilidade”, relata.

A próxima década se inicia e, embora não possam ainda dizer como será, os jornalistas garantem que vão se manter atualizados nas tendências do mercado, nas necessidades dos leitores e no que portais de notícias nacionais e internacionais têm proposto. “Procuramos trazer o que há de mais moderno na forma de apresentação das reportagens. Esta semana, por exemplo, lançamos o nosso novo portal: mais intuitivo, mais informativo e mais agradável visualmente”, conta Juliano.



- Publicidade - Laboratório Prognose
- Publicidade - Laboratório Prognose
- Publicidade - Laboratório Prognose
- Publicidade - Laboratório Prognose
Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!