- Publicidade -
12.3 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Artista poços-caldense aprofunda pesquisa na Bituca Universidade de Música Popular

- Publicidade -
Artista poços-caldense aprofunda pesquisa na Bituca Universidade de Música Popular
Foto Rossmaly Borges

A artista poços-caldense Nanda Dearo está em um processo constante de pesquisa e aperfeiçoamento. Agora, deseja compartilhar os conhecimentos adquiridos na Bituca – Universidade de Música Popular. Localizada em Barbacena, esta é uma das referências no ensino de música e teatro em Minas Gerais.

As aulas começaram em outubro de 2023, quando a artista foi selecionada entre 320 candidatos. Desde então, no curso de canto popular, dedica-se a pesquisar a técnica vocal e repertório apropriado para este estilo.

- Publicidade -

Trazendo um panorama do que aprendeu até agora, Nanda conta que o curso se apoia na fisiologia vocal, com base na pesquisa do canto contemporâneo, em uma metodologia que respeita as escolhas e individualidade de cada cantor. Portanto, ela, que já era graduada em Licenciatura em Educação Musical pela Universidade Federal de São Carlos (Ufscar), aprimora-se sob as orientações de Andréa Amendoeira e demais professores.

Além do estudo do canto, a Bituca oferece aulas de preparação para o palco, produção e ética, prática de conjunto, percepção musical, história da música brasileira, musicalização pelo método Kodaly, harmonia, improvisação e criação.

- Publicidade -

Incentivo e contrapartidas

Atualmente, este trabalho de aperfeiçoamento é assistido pelo edital especial Lei Paulo Gustavo 2/2023, da Secretaria Municipal de Cultura de Poços de Caldas. É por meio deste auxílio que Nanda Dearo está presente nos módulos dois e três do curso de canto popular.

Neste contexto, além das aulas de técnica vocal, também há disciplinas voltadas à musicalização, percepção, harmonia e teatro com o grupo Ponto de Partida, destaque na cena teatral mineira e brasileira.

- Publicidade -

Desse modo, a musicista realizou, dia 1º de junho, uma oficina como ação de contrapartida prevista na Lei Paulo Gustavo. O evento gratuito aconteceu no Espaço Mixiricar-te Multicultural, em Poços de Caldas, e contou com a participação de artistas diversos.

Porém, as ações não param por aí. “A Bituca é um sonho realizado. Pra mim é um presente estar nesta escola, cuja pesquisa e metodologia se afinam com a minha trajetória de artista e educadora. Faz parte do meu compromisso dividir o que estou aprendendo com colegas e alunos.”

Nanda Dearo

Nanda Dearo é atriz, musicista, compositora, educadora e diretora musical. É graduada em Licenciatura em Educação Musical pela UFSCar e fez parte do Núcleo de Pesquisa Teatral do Sesc-MG durante três anos.

Foi docente de teatro do Senac São João da Boa Vista-SP e regente auxiliar e pianista do coral cênico Nó na Goela. Possui uma atuação artística diversificada, acumulando maior experiência em teatro de grupo, teatro infantil e produções autorais que entrelaçam música e teatro.

Dedica-se, ainda, à pesquisa do universo infantil e suas artes na Cia Balafuda, como atriz-criadora. Atuou na preparação vocal e direção musical dos trabalhos do grupo NucleArte, bem como no elenco e equipes de criação textual, dramaturgia, sonoplastia e composição musical. Em 2021 participou da residência artística do grupo Ponto de Partida.

Além do curso de canto popular na Bituca, hoje também participa de residência artística com o grupo Maria Cutia.

 

Outras notícias

Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!