- Publicidade -
10.9 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Turismo da fé gera movimentação de R$ 5 bilhões por ano em Minas

- Publicidade -
Turismo da fé gera movimentação de R$ 5 bilhões por ano em Minas
Santuário Nossa Senhora da Piedade em Caeté (foto Manoel Marques-ImprensaMG)

O turismo da fé é uma potência em Minas Gerais, estado que, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), se mantém na liderança do crescimento do setor, superando em 15 vezes a média nacional em fevereiro deste ano.

De acordo com dados do Observatório de Turismo de Minas Gerais, 36% dos viajantes que chegam ao estado têm como principal motivação conhecer locais e festas de riqueza histórico-cultural, incluindo bens e eventos religiosos. Gerando, portanto, uma movimentação econômica de cerca de R$ 5 bilhões por ano.

- Publicidade -

Assim, em 2024, a segunda edição do programa Minas Santa, um dos propulsores do turismo da fé no estado, motivou uma movimentação turística de 500 mil pessoas no período da Semana Santa. As 660 ações chegaram a cerca de 600 municípios participantes da campanha, posicionando Minas Gerais como o principal destino turístico do país no feriado.

Rotas

Em Minas Gerais, os viajantes encontram rotas estruturadas especialmente para o turismo da fé. Há diversas opções no estado e os percursos podem ser feitos de carro, a pé, de bike ou a cavalo. Atualmente são 11 rotas da fé no estado: Rota da Peregrinação, Caminho Religioso da Estrada Real (Crer), Caminho da Luz, Caminho da Fé, Caminho de Nhá Chica, Caminhos de Padre Victor, Caminhos de Padre Libério, Santuário da Mãe Rainha, Rota Nos Passos de Dom Viçoso, Caminho das Capelas e Caminhos Franciscanos.

- Publicidade -

Música e oração

Considerado o maior festival de música e oração da América Latina, o Ore Comigo Music Festival (orecomigo.com.br) desponta como um dos principais eventos no estado. Capaz de movimentar a economia da criatividade e do entretenimento e a ocupação hoteleira em Belo Horizonte, palco da segunda edição. O encontro de fé e canção acontece dia 22 de junho, no Mineirão. Tem apoio do Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult). Em 2023, o festival gerou cerca de mil postos de trabalhos diretos, arrecadou mais de 16 toneladas de alimentos não-perecíveis para doação. E ainda reuniu aproximadamente 60 mil pessoas. A expectativa é que o número seja maior neste ano.

Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!