- Publicidade -
17 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Festa Junina: como curtir o cardápio típico sem culpa

- Publicidade -
Festa Junina: como curtir o cardápio típico sem culpa
imagem ilustrativa

Junho chegou e com ele a fogueira acesa, as bandeirinhas e o cardápio mais aguardado do ano. Entre caldos, bolos, milho verde, canjica, paçoca, pé-de-moleque, vem a festa junina. Para quem está buscando uma alimentação mais saudável e, principalmente, baixa em caloria, a temporada pode parecer um desafio. Mas não precisa ser.

Segundo o Dr. Rodrigo Schröder, especialista em medicina e performance esportiva, com mais de 1 milhão de seguidores nas redes, dá para manter a saúde em dia sem deixar de aproveitar.

- Publicidade -

O primeiro segredo, como sempre, é a moderação. Além disso, evitar algumas combinações como estratégia pode ser uma solução para “conter danos”.

Os vilões versus as opções com mais nutrientes

Apesar do cardápio junino ser repleto de opções que, apesar de deliciosas, não dá para defender em questões nutricionais, existem sim alguns grandes aliados.

- Publicidade -

“Os maiores vilões são os alimentos fritos, como os pastéis, e os alimentos com excesso de açúcar, como os bolos e doces. Porém, algumas opções como milho verde, canjica e batata doce podem ser aliadas importantes nesse período, pois oferecem nutrientes essenciais de forma mais saudável”, afirma o médico.

Estratégias para quem não abre mão de provar de tudo

Sem abrir mão de provar os pratos de menor valor nutricional, o médico dá algumas dicas para não atrapalhar tanto assim a dieta:

- Publicidade -

Divida o seu prato principal destinando metade dele para as opções mais saudáveis, como grãos integrais ou o milho cozido;

Beba água adequadamente antes, durante e após as refeições para facilitar a digestão;

Evite repetir, moderando assim a ingestão calórica;

Evite combinar frituras e doces, porque pode piorar a retenção de líquidos e sensação de inchaço;

Também é importante evitar combinar alimentos muito ricos em gordura com alimentos muito ricos em carboidratos, pois isso pode atrapalhar a digestão.

O doce não precisa ser banido

De acordo com o médico, dá sim para escolher uma sobremesa, mas é importante optar por receitas menos processadas e com menos açúcar adicionado. “Nesse sentido, a canjica e a paçoca tendem a ser melhores opções do que bolos e doces industrializados. Ainda assim, é importante lembrar que esses itens também devem ser consumidos com moderação”.

Troque o quentão pelo vinho quente

Não dispensa um drink, nem que seja para aquecer um pouco? Opte pelo vinho quente. “O vinho contém menos açúcar e mais compostos antioxidantes”, conta Rodrigo. Mas isso não significa que está totalmente liberado. O médico também afirma que bebida alcoólica em nenhuma quantidade é considerada saudável.

Para quem já exagerou, ele dá algumas dicas para fugir da ressaca: “é fundamental beber água em abundância, evitar fumar e descansar adequadamente. Suplementos como vitamina B e enzimas também podem ajudar”.

Outras notícias



- Publicidade - Laboratório Prognose
- Publicidade - Laboratório Prognose
- Publicidade - Laboratório Prognose
- Publicidade - Laboratório Prognose
Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!