- Publicidade -
24.4 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

MP deflagra operação Resgate para recuperar dinheiro da saúde pública de Minas

- Publicidade -
Forças de segurança se unem no cumprimento de mandados (foto: MPMG)

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) deflagrou nesta sexta-feira (24) a operação Resgate. Cerca de R$ 15 milhões foram apreendidos e sequestrados.

A operação tem por objetivo aprofundar as investigações acerca dos crimes de peculato, corrupção passiva e ativa, organização criminosa e lavagem de dinheiro. De acordo com o MP, os crimes estão relacionados ao desvio de verbas da saúde pública de Minas Gerais. Os alvos dos mandados eram as cidades de Alfenas e Fama, em Minas Gerais, Ubatuba e Limeira, em São Paulo.

- Publicidade -
Anúncio Centro
Anúncio Centro
Anúncio Centro

O suposto esquema envolve, até o momento, 15 pessoas, organizações da sociedade civil (OSC) e empresas. Os indícios apontam para utilização de ‘laranjas’ e empresas com intuito de desviar recursos, dissimular e ocultar os reais beneficiários dos crimes, movimentando mais de R$ 17 milhões nos estados de Minas Gerais e São Paulo.

Como resultado inicial das investigações a justiça deu ordem para a quebra dos sigilos bancários e fiscais das pessoas físicas e jurídicas envolvidas, bem como foram decretadas cinco prisões preventivas, 12 mandados de busca e apreensão, sequestro e arresto de ativos (R$ 15 milhões), imóveis, carros, motocicletas, jet-skis, lanchas e outras embarcações utilizadas pelo grupo criminoso.

- Publicidade -

Participaram das atividades desta sexta-feira dez promotores de Justiça, cinco servidores do MPMG, dois delegados, 13 policiais civis e 50 policiais militares.

- Publicidade -

 




- Publicidade -
Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!