- Publicidade -
19.5 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Arroz comprado pela Conab terá preço máximo de R$ 4 o quilo ao consumidor

- Publicidade -
imagem ilustrativa

O arroz que será comprado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) chegará ao consumidor brasileiro por, no máximo, R$ 4 o quilo. Desse modo, o primeiro leilão, na próxima terça-feira (21), serão adquiridas até 104.034 toneladas de arroz importado da safra 2023/2024.

“O arroz que vamos comprar terá uma embalagem especial do governo federal e vai constar o preço de venda ao consumidor. O preço máximo ao consumidor será de R$ 4 o quilo”, reforça o presidente da Conab Edegar Pretto.

- Publicidade -

Conforme a Medida Provisória 1.217/2024, a compra de arroz será por meio de leilões públicos, ao longo de 2024. Assim, os estoques serão para os pequenos varejistas das regiões metropolitanas, de acordo com os indicadores de insegurança alimentar, exceto o Rio Grande do Sul.

A importação de arroz visa enfrentar as consequências sociais e econômicas decorrentes das enchentes no Rio Grande do Sul.

- Publicidade -

Dessa maneira, a primeira remessa de arroz vai para São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Pernambuco, Ceará, Pará e Bahia, segundo a portaria do Ministério do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar (MDA), Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) e Ministério da Fazenda n.º 3/2024. O valor da operação estabelecido no ato interministerial é de R$ 416.140.000.

O produto chegará nos portos de Santos-SP, Salvador-BA, Recife-PE e Itaqui-MA. O cereal deverá ter empacotamento em embalagem de 2kg padronizada, com a logomarca do governo federal.



- Publicidade - Laboratório Prognose
- Publicidade - Laboratório Prognose
- Publicidade - Laboratório Prognose
- Publicidade - Laboratório Prognose
Veja também
- Publicidade -






Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!