- Publicidade -
19.5 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Bombeiros de Minas Gerais realizam mais de mil salvamentos no RS

- Publicidade -

 

Bombeiros de Minas Gerais realizam mais de mil salvamentos no RS
Foto CBMMG

Na ação com a maior equipe em missões especiais executada fora de Minas Gerais neste ano, o Corpo de Bombeiros realizou, em apenas uma semana, 1.313 salvamentos de pessoas vítimas das enchentes que assolam o Rio Grande do Sul, além do resgate de 22 animais na região.

- Publicidade -

Atuação

Quinta-feira (9), a equipe de 28 bombeiros enviados ao estado gaúcho começou a retornar para Minas Gerais. Mas, importante destacar que o efetivo permanece à disposição para novos apoios. Além disso, o governo mineiro segue atuando com auxílio de outros militares, aeronaves e equipes técnicas da Copasa e da Cemig, para o restabelecimento do fornecimento de água e da energia elétrica.

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais (CBMMG) iniciou intensa atuação em cidades gaúchas domingo (2), logo no início do aumento do volume de fortes chuvas que castigaram o estado. Os militares atuaram principalmente na capital Porto Alegre, além das cidades de Bento Gonçalves, Canoas e São Leopoldo. Com auxílio de aeronaves preparadas para o transporte de vítimas e cães farejadores, a equipe se dedicou a efetuar resgates aéreos de forma rápida. Além de trabalhar em casos de soterramento, devido à experiência da corporação.

- Publicidade -

O tenente Henrique Barcellos, porta-voz do Corpo de Bombeiros, ressalta que a experiência dos bombeiros mineiros em situações extremas. Como os casos das tragédias de Brumadinho e Mariana, além dos apoios internacionais, em missões na Turquia, em Moçambique e no Haiti, ajudam a corporação a realizar um trabalho ágil e eficiente. “Tivemos uma atuação muito intensa com as equipes 24 horas por dia em campo. Desempenhando tanto o salvamento de pessoas ilhadas, como a busca e recuperação de vítimas desaparecidas. Encerrado o período de uma semana previamente dimensionado junto às autoridades locais, o CBMMG se coloca à disposição e compreende a necessidade de revezamento com outras corporações”, explica o tenente Barcellos.

Retorno

Parte dos militares retornou na aeronave Caravan e desembarcou em Belo Horizonte quinta-feira (9). Enquanto outros bombeiros farão o translado por terra, em carros e caminhões. A expectativa é que toda a equipe esteja em Minas Gerais até sábado (11).

Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!