- Publicidade -
19.5 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Rota das Artes: saiba mais sobre o novo roteiro turístico mineiro

- Publicidade -
Rota das Artes
Ouro Preto está entre os destinos da Rota das Artes (foto: Circuito do Ouro/ reprodução)

O lançamento da Rota das Artes, novo roteiro turístico mineiro, ocorreu no sábado (27), durante a feira Minas Travel Market (MTM), em Belo Horizonte.

De acordo com o Governo de Minas, a Rota das Artes irá impulsionar o desenvolvimento econômico e a geração de emprego e renda. O roteiro abrange oito municípios: Belo Horizonte, São Joaquim de Bicas, Igarapé, Brumadinho, Congonhas, Ouro Branco, Ouro Preto e Mariana.

- Publicidade -

As cidades estão divididas em três destinos, que oferecem, ao todo, 16 experiências. São elas: Palácio da Liberdade (Belo Horizonte), Museu Minas e Metal (Belo Horizonte), Inhotim (Brumadinho); Arte, Cerâmica e Brunch no Ateliê (Brumadinho); Arte em Cerâmica no Mirante (Brumadinho); Brunch na Vila Lavanda (Brumadinho); Coração em Branco (Brumadinho); Alquimia dos Quintais (Brumadinho); 4 Estações com o Chef (São Joaquim de Bicas); Da Cozinha ao Quintal da Mestra (São Joaquim de Bicas); Arte em Madeira (Igarapé); Santuário do Bom Jesus do Matosinhos (Congonhas); Museu de Congonhas (Congonhas); Cerâmica Saramenha (Ouro Branco); Ateliê Edney do Carmo (Mariana) e Restaurante Sebastião (Ouro Preto).

Potencial e repercussão

“Minas Gerais é uma potência cultural e a cultura possui na arte um dos seus grandes fundamentos. Belo Horizonte, nossa capital, Brumadinho, Ouro Preto e a Região Metropolitana possuem destinos excepcionais seja no Barroco, seja na arte contemporânea ou no modernismo marcante para a formação do Brasil”, destaca o secretário de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais, Leônidas de Oliveira.

- Publicidade -

“Participar da Rota das Artes é de um valor imensurável. Desde o seu lançamento, o Destino Veredas vem trabalhando do tradicional ao contemporâneo por termos Inhotim, que é indutor e uma referência internacional”, afirma Érica Maia, gestora da Instância de Governança Regional (IGR) Veredas.

Além disso, ela explica que todas as experiências são com marco zero no Inhotim. “Trouxemos essa nova forma de vivenciar experiências sempre valorizando o tradicional, pois não podemos perder a essência, mas sempre trazendo a pitada do contemporâneo”, completa.

- Advertisement -

Dessa forma, a diretora executiva do Circuito do Ouro, Márcia Martins, também celebra a iniciativa . “A Rota das Artes conecta BH a duas grandes regiões turísticas de Minas Gerais, o Circuito do Ouro e Destino Veredas, e tem uma abordagem que permite a essas regiões repensarem a forma de se apresentar junto ao mercado e seguindo as tendências mundiais. No Circuito do Ouro, a Rota das Artes valoriza o trabalho dos artistas e incentiva o empreendedorismo”.




- Publicidade -
Veja também
- Publicidade -






Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!