- Publicidade -
8.8 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Cometa do Diabo deve estar visível a partir de 21 de abril no Hemisfério Sul

- Publicidade -
Cometa do Diabo deve estar mais visível a partir de 21 de abril no Hemisfério Sul
Imagem Comet Chasers/Reprodução

O tão aguardado Cometa do Diabo deve cruzar os céus em todo o Hemisfério Sul a partir do dia 21 de abril. Oficialmente conhecido como 12P/Pons-Brooks, o cometa já está visível, especialmente com o auxílio de telescópios pequenos.

O que é o Cometa do Diabo?

Este astro, descoberto em 1812, tem aproximadamente 29 quilômetros de diâmetro, cerca de três vezes o tamanho do Monte Everest, e é famoso por sua aparência esverdeada e sua cauda em formato de chifres.

- Publicidade -

Conforme explica o astrofísico Paul Strøm, da Universidade de Warwick, o cometa está em movimento da constelação de Andrômeda para Peixes, passando por estrelas brilhantes que facilitarão sua localização em datas específicas. Em 31 de março, ele estava extremamente próximo de uma estrela brilhante chamada Hamal, o que facilitou a localização para os observadores.

Uma das características marcantes desse cometa é sua atividade criovulcânica, que o leva a ejetar gelo e gás violentamente, formando explosões que o tornam visível mesmo sem a necessidade de telescópios profissionais.

- Publicidade -

Como observar

O pesquisador Theodore Kareta destaca que o 12P/Pons-Brooks apresenta aumentos repentinos de brilho. Isso contribui para que em algumas vezes, seja possível observá-lo no céu, mesmo sem nenhum equipamento especial.

O cometa continuará a se aproximar do Sol até o início de junho. Neste momento estará mais próximo da Terra, a uma distância de cerca de 232 milhões de quilômetros. Nesse ponto, será necessário o uso de binóculos para observá-lo, dada a sua distância do Sol.

- Publicidade -

Assim, o melhor período para observar o 12P/Pons-Brooks será na noite de 23 de abril, utilizando binóculos.

Após sua passagem pelo nosso sistema solar, o ‘Cometa do Diabo’ será lançado de volta ao espaço exterior e não retornará até 2095. Portanto, esta é uma oportunidade única para apreciar esse fenômeno astronômico incomum e intrigante.

 

Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!