- Publicidade -
14.4 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Pluralidade feminina: Bibliotecas Públicas celebram Mês da Mulher com ações nas unidades

- Publicidade -
divulgação

Com o substantivo feminino Pluralidade, o Sistema Municipal de Bibliotecas Públicas nomeou o conjunto de ações que vão marcar o Mês da Mulher nas cinco unidades do município. Se plurais são as mulheres, plurais também são as atividades que serão realizadas durante todo o mês de março nas bibliotecas municipais Centenário, Júlio Bonazzi, Manuel Francisco e do Centro de Artes e Esportes Unificado (CEU).

“Nossa proposta é destacar o Dia Internacional da Mulher a partir da força da mulher na literatura, atuando na democratização do acesso ao acervo das bibliotecas, na valorização das mulheres escritoras e na aproximação e pertencimento dos nossos usuários”, destaca a coordenadora das Bibliotecas Públicas Raissa de Melo.

- Publicidade -
Anúncio Centro
Anúncio Centro
Anúncio Centro

A programação tem início a partir desta segunda-feira, 4 de março, com a abertura da Exposição Pluralidades Femininas, na Biblioteca Centenário, no Espaço Cultural da Urca, que segue em cartaz até dia 29. A mostra vai reunir 81 obras de 46 escritoras locais disponíveis no acervo e textos selecionados das autoras poços-caldenses, como este, de Beatriz Aquino: “A cada braço uma força. Assim já disseram. Eu da vida entendo pouco. Reconheço que caminhamos em pontas de navalhas, tentando equilibrar o corpo para que ele não caia. De um lado, o escuro, as vozes, a loucura. Do outro, a claridade, que machuca, a mão humana, outra carne também trêmula e amedrontada, pronta para matar, mas nunca, nunca pronta para morrer” (Fundo, Beatriz Aquino).

A Biblioteca Centenário também vai destacar a Estante Mulherio das Letras, que conta com 149 títulos escritos por mulheres, de forma a divulgar, valorizar e facilitar o acesso à produção literária feita por mulheres brasileiras contemporâneas, com livros nos gêneros prosa, poesia, crítica, dramaturgia, entre outros, para o público adulto, infantojuvenil e infantil. No local, será apresentado ainda, no dia 16 de março, às 20h, o espetáculo teatral “Recortes: a mulher e seu corpo público”.

- Publicidade -

Já no Dia Internacional da Mulher, 8 de março, a Biblioteca Municipal Júlio Bonazzi, no Monjolinho, abre a exposição “Jane Austen”, como forma de divulgar e valorizar a obra da escritora inglesa, autora de sucessos como Orgulho e Preconceito e Razão e Sensibilidade. Na Júlio Bonazzi, há seis títulos da escritora disponíveis para empréstimo e as obras também estão no acervo das outras unidades do sistema.

Jane Austen (1775-1817) nasceu na Inglaterra, teve pouco tempo de educação formal e terminou os estudos em casa. Começou a escrever textos literários por volta dos 12 anos de idade, sem a identificação de sua autoria. Escreveu obras que apresentam marcas de transição entre o Romantismo e o Realismo ingleses e suas histórias são marcadas por uma fina ironia, além da crítica social. A exposição “Jane Austen” fica na Biblioteca Júlio Bonazzi até o final do mês.

- Advertisement -

Na Biblioteca Manuel Guimarães, na zona sul, as leitores é que fazem as sugestões de leitura

Leitoras

As leitoras também têm vez e voz nas ações desenvolvidas pelo Sistema Municipal de Bibliotecas Públicas. Na Biblioteca Manuel Francisco Costa Guimarães, no Conjunto Habitacional, na zona sul, são elas que fazem suas sugestões de leitura. “Atualmente estou lendo muito Colleen Hoover, pois ela consegue sempre me levar para um mundo completamente novo”, conta a usuária da biblioteca Anna Carolina Russo Belocurov, de 19 anos.

A leitora Marina Mesquita não economizou nas indicações: Cecília Meireles, Ruth Rocha, Marina Colasanti e Carolina Maria de Jesus, de quem sugere Quarto de Despejo. “Quarto de Despejo me chamou muita atenção por retratar uma dura realidade”, pontua.
Já a equipe da Biblioteca do Centro de Artes e Esportes Unificado, o CEU das Artes, na zona leste, preparou atividades afetivas que serão realizadas junto ao público do espaço. Entre elas, a entrega de cartões com mensagens alusivas ao Mês da Mulher e criação de cartões com as crianças que frequentam o CEU.

Ainda dentro da programação cultural do Mês da Mulher, será apresentado o espetáculo Nossa Voz, no Teatro Benigno Gaiga, no dia 24 de março, às 19h. A fala, o debate ou o grito já não são mais suficientes quando o mundo parece pequeno para a nossa voz. Aria Nery, Naiade Moras e Livia D’Angelo convidam Livia Domingues a ecoar através da arte inquietações presentes na rotina das mulheres.

Programação
De 4 a 29 de março |Exposição Pluralidades Femininas | Biblioteca Centenário
De 8 a 29 de março | Exposição Jane Austin | Biblioteca Júlio Bonazzi
Dia 16 | 20h |Espetáculo Recortes: a mulher e seu corpo público | Biblioteca Centenário
Dia 24| 19h |Espetáculo Nossa Voz | Teatro Benigno Gaiga




- Publicidade -
Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!