- Publicidade -
14.4 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Imagem da Virgem Maria “sobrevive” a bombardeio na Ucrânia; “milagre”, dizem fiéis

- Publicidade -
Imagem de Nossa Senhora em frente à igreja do Sagrado Coração de Jesus em Kherson. Detalhe do projétil a poucos metros da imagem

Um artigo publicado no site oficial da Conferência dos Bispos Católicos Romanos da Ucrânia (RKC) chamou de “milagre” que uma imagem da Virgem Maria não tenha sido destruída pelo impacto de um projétil russo que caiu quase a seus pés, em 17 de fevereiro, na cidade de Kherson.
O site oficial da RKC publicou as declarações do vigário da igreja do Sagrado Coração de Jesus, padre Maksym Padlevskyi. Durante os dois anos de guerra entre a Ucrânia e a Rússia (concluídos em 24 de fevereiro de 2024), o padre exerceu o seu ministério pastoral em Kherson, apesar “dos bombardeios e do perigo”.
“Na semana passada, intensos bombardeios começaram na Quarta-feira de Cinzas [14 de fevereiro] e duraram vários dias. Houve muitos danos ao redor do nosso templo. No sábado, 17 de fevereiro, vários impactos foram registrados na zona próxima ao templo. Inclusive, uma pessoa morreu perto de nós”, comentou o padre.
Um destes impactos caiu “bem ao lado” da imagem de Nossa Senhora que fica na entrada do templo. “O projétil explodiu, parte dele ficou sobressaindo do chão, mas só a calçada ficou destruída. A figura em si ficou quase ilesa. Só uns poucos lugares sofreram danos por estilhaços”, acrescentou o padre Maksym.
Um vitral da Divina Misericórdia, que fica acima da porta principal da igreja, também foi salvo do projétil, apesar de o vidro protetor que o cobria ter sido “completamente destruído pela onda de choque”.
“O próprio vitral quebrou em vários lugares. Mas não entrou em colapso. Acho que poderia ser muito pior”, disse o padre.
A população de Kherson, disse o padre Maksym, já sabe que estes bombardeios do tipo “granizo” causam danos muito graves. No entanto, disse que os danos à paróquia foram mínimos e que nenhuma vida foi perdida no local.
“Podemos dizer que o Senhor nos salvou. Além disso, sábado é um dia em que os fiéis vêm limpar e preparar o templo para o domingo, então uma tragédia poderia ter ocorrido”, acrescentou.

(Fonte: acidigital, texto do jornalista venezuelano Andrés Henríquez)

- Publicidade -
Anúncio Centro
Anúncio Centro
Anúncio Centro




- Publicidade -
Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!