- Publicidade -
21.7 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Retirada de aguapés da represa Bortolan tem previsão de início ainda em fevereiro

- Publicidade -


A prefeitura vai iniciar, ainda no mês de fevereiro, os trabalhos de retirada dos aguapés da Represa Bortolan. A coordenação dos trabalhos ficará a cargo da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, que contará com a cooperação do DMAE, DMEE, Defesa Social (Guarda Verde), Secretaria de Serviços Públicos e de Obras.
Toda a retirada será feita por servidores destas secretarias com apoio dos demais órgãos municipais, sem a necessidade de contratação de empresa, da mesma forma que foi realizado em 2021. Mas, desta vez com uma novidade: toda vegetação retirada da represa será direcionada à Unifal, que irá transformar os resíduos em compostagem, proporcionando uma destinação ambientalmente correta do material.
No Diário Oficial da última terça-feira, foi publicada uma portaria nomeando uma comissão para a elaboração de um Plano de Ação a ser desenvolvido para a retirada coordenada e controle da proliferação dos aguapés: secretário Marcus Vinícius de Moraes (Meio Ambiente), diretor do DMAE Paulo César Silva, diretor superintendente do DMEE Marcelo Loichate, José Benedito Damião (secretário de Obras) e também Anderson Santos (secretário-adjunto SSP), Isis Alves e João Batista de Paula, sob a presidência do primeiro.
De acordo com o secretário Marcus Vinícius, o plano de ação deve ser concluído logo após o carnaval e será apresentado ao prefeito. Assim que for aprovado, os trabalhos terão início de imediato. No plano de ação, serão discriminados a quantidade de servidores que serão necessários, as lanchas, caminhões, a aquisição de combustível e outros, necessários ao planejamento dos trabalhos.
Além da retirada dos aguapés, que deve ser concluída no prazo de 60 dias, a Secretaria de Meio Ambiente também ficará encarregada do controle desta vegetação. “Iremos realizar um monitoramento, promovendo a retirada dos aguapés antes mesmo que se tornem prejudiciais às atividades exercidas na Represa Bortolan. Seja por meio da prática de esportes náuticos ou das atividades de comércio instaladas ali”, conclui o secretário Marcus Vinícius.




- Publicidade -
Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!