- Publicidade -
17.2 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Movimento se reúne para debater “tarifa zero” no transporte público

- Publicidade -
imagem ilustrativa

O Movimento Tarifa Zero Poços de Caldas está se reunindo para se organizar e debater o assunto do transporte público, principalmente agora que houve o aumento da tarifa do ônibus coletivo. Haverá uma reunião neste sábado (27) e a intenção é reunir movimentos sociais, sociedade civil, figuras públicas, artistas, trabalhadores, estudantes e demais interessados na construção de uma política pública de transporte que assegure o direito de ir e vir gratuitamente para toda a população.

“Atualmente, Poços de Caldas enfrenta uma das tarifas de transporte mais elevadas do país, aliada ao monopólio do serviço por uma empresa que negligencia as leis destinadas aos cidadãos da cidade. Esta empresa fornece um serviço aquém dos padrões necessários e acumula denúncias do Ministério Público” explica Clauderson da Silva Santos, mais conhecido por Clauderson Black, idealizador da proposta de tarifa zero.

- Publicidade -
Anúncio Centro
Anúncio Centro
Anúncio Centro

Ele acrescenta que a reunião neste sábado é para também fundar este Movimento efetivamente na cidade. “Queremos pessoas que acreditem que podemos ter um transporte público que, de fato, garanta o direito de ir e vir gratuitamente às pessoas. Uma forma de garantir que as pessoas possam ter acesso à cidade, aos pontos turísticos, atrair mais turistas, inclusive. Assegurar que os estudantes possam chegar na sua escola de forma gratuita. Então, são vários os objetivos. E vamos começar estudos baseados em outras experiências, daqui de Minas Gerais e do país, que já aplicaram a política pública do tarifa zero, que vem dando certo”.

Ele ainda argumenta várias cidades em Minas Gerais, no Brasil e ao redor do mundo adotam o transporte público gratuito como parte de projetos de desenvolvimento. “Enquanto isso, a prefeitura de Poços de Caldas mantém uma aliança com a empresa atual, permitindo que a cidade tenha um transporte público atrasado em comparação com cidades desenvolvidas e tecnologicamente avançadas. Acreditamos que, por meio da luta e organização, podemos conquistar melhorias significativas para a população da cidade. Una-se ao nosso movimento e vamos transformar esse sonho em realidade”, pontua ele.

- Publicidade -

Clauderson Black ainda reitera que é necessário sair dessa lógica de monopólio do transporte público, com a empresa determinando o valor do transporte público, que deixa o cidadão refém de passagens a um valor alto. “Então, vamos apresentar, inclusive, antes das eleições, um projeto para a cidade e vamos pedir o comprometimento de todos os candidatos a prefeito da cidade. Aos que têm essa vontade de implementar essa política pública, vamos pedir a assinatura deles no projeto e vamos cobrar depois”, finaliza ele.

Serviço

- Publicidade -

Movimento Tarifa Zero no transporte público

Reunião dia 27 de janeiro, às 15h

Rua Mato Grosso 275, centro

Siga nas redes https://www.instagram.com/p/C2djUr8NlWF/?igsh=MTV0ZzUxbDRhM2V5bQ==




- Publicidade -
Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!