- Publicidade -
16.7 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Proadi-SUS: Santa Casa reduz infecções, salva vidas e economiza mais de R$ 4 mi

- Publicidade -
Colaboradores da UTI receberam certificados individuais de reconhecimento pelos resultados obtidos com o projeto

Através do projeto “Saúde em Nossas Mãos – Melhorando a Segurança do Paciente em Larga Escala no Brasil”, uma iniciativa público-privada subsidiada pelo Ministério da Saúde (MS) por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS), a Santa Casa de Poços conquistou uma notável redução de 71% nas pneumonias associadas à ventilação mecânica, 100% nas infecções do trato urinário e 100% nas infecções de corrente sanguínea em pacientes tratados na UTI.

Além disso, por meio de uma colaboração efetiva entre a alta administração, as equipes assistenciais e a equipe nuclear composta por representantes dos setores do Controle de Infecções, Núcleo de Segurança do Paciente, Fisioterapia e Odontologia, o hospital alcançou um aumento significativo de 56% na adesão à higienização das mãos. Esses resultados demonstram um avanço nas práticas de prevenção de infecções na instituição. Estima-se que, graças a essas melhorias, tenham sido evitadas 92 infecções, resultando em uma economia significativa de R$ 4.196.710 para a instituição.

- Publicidade -
Anúncio Centro
Anúncio Centro
Anúncio Centro

A enfermeira do Controle de Infecção Hospitalar Priscilla Ariana lembra que o Proadi-SUS tem o objetivo de fortalecer o SUS, por meio da melhoria da qualidade e da eficiência dos serviços de saúde. Segundo ela, o projeto é executado em parceria com o MS e com as entidades de saúde de reconhecida excelência, como o Hospital Alemão Oswaldo Cruz, Beneficência Portuguesa de São Paulo, Hospital do Coração, Hospital Israelita Albert Einstein, Hospital Moinhos de Vento, Hospital Sírio-Libanês, que apoiam e trabalham em colaboração com os hospitais públicos participantes do projeto.

“Participar dessa experiência foi incrivelmente enriquecedor, especialmente ao estabelecer uma conexão constante com instituições hospitalares de renome, destacando-se nossos consultores, o HCor. Ao longo de três anos, imergimos em uma série de sessões de aprendizados semanais, recebemos amplo suporte remoto e tivemos a valiosa oportunidade de participar presencialmente em dois encontros, um em Porto Alegre e outro em Brasília”, explica Priscilla.

- Publicidade -

Segundo a enfermeira da SCIH, esta experiência transformadora moldou positivamente o caminho da Santa Casa, consolidando o hospital como uma instituição de referência no cuidado à saúde. “Essa jornada foi marcada por uma troca intensa de conhecimento com hospitais de todo o país, elementos cruciais que contribuíram para os resultados notáveis alcançados por nosso hospital. Ao longo desse período, fortalecemos nossa equipe, promovemos uma transformação na cultura do setor, obtivemos economias significativas e, mais importante, contribuímos para salvar vidas. Essa trajetória não apenas moldou positivamente nosso hospital, mas também consolidou nosso compromisso em proporcionar um impacto positivo na saúde e bem-estar da comunidade que servimos”, completa Priscilla.

O coordenador de enfermagem da UTI Adulto, Jean Carlos, ressalta que a participação no Projeto Saúde em Nossas Mãos foi marcada por um engajamento de toda a equipe, resultando em conquistas excelentes que impactaram positivamente a qualidade da assistência aos pacientes. “Ao longo do programa, foram realizadas adaptações significativas nos protocolos e procedimentos, sempre utilizando apenas ajustes sem custos, com ênfase na mudança de atitude de cada profissional. Um dos principais pilares dessa transformação foi o envolvimento de profissionais de diversas áreas, que participaram ativamente na identificação de pontos de melhoria e na implementação de soluções. Um grande aprendizado incentivado pelo PROADI foi a busca pela melhoria contínua e a troca de experiências onde ‘todos aprendem, todos ensinam’, isso permitiu à equipe do CTI-Adulto, não apenas resultados positivos nos indicadores, mas também aperfeiçoamento no cuidado”, relata Jean.

- Publicidade -

As mudanças trazidas pelo Proadi na UTI impactaram positivamente o trabalho de todos os funcionários, como é o caso da técnica em enfermagem Josefa Maria Melo, que ficou muito feliz em participar do projeto. “A minha experiência com o PROADI foi maravilhosa. Foi de grande valia para mim e para todos os colegas que participaram também, porque a gente aprendeu muito, conseguimos um desenvolvimento muito grande de melhorias para com nossos pacientes. E sempre acrescentando algo de melhor, de gratificação, de um cuidado de mais qualidade. Então, para mim foi maravilhoso fazer parte do PROADI”, conta dona Josefa.

O objetivo da Santa Casa, a partir de agora, é sustentar as melhorias alcançadas na UTI e ampliar o aprendizado para os demais setores.

 




- Publicidade -
Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!