- Publicidade -
12.2 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Exposição na Câmara reforça importância da doação de sangue

- Publicidade -
divulgação

Até 30 de novembro, a Câmara Municipal recebe uma exposição em alusão à Semana Nacional do Doador de Sangue, organizada pela Fundação Hemominas em Poços de Caldas. A mostra reúne cartazes com informações sobre o processo de doação, bem como relatos de pacientes que utilizaram bolsas de sangue durante tratamentos de saúde. O pedido para apresentação do trabalho no Legislativo foi feito pelo vereador Flávio Togni de Lima e Silva (PSDB).

Na última terça-feira (14), houve a abertura da exposição, com a presença de vereadores, da especialista em Políticas Públicas de Saúde e captadora na unidade em Poços Maria Lauricéia Esteves Cardoso, da captadora de doadores Elizabeth Jacob e do jovem José Augusto, que foi doador de sangue por muitos anos e, posteriormente, passou a ser receptor, quando diagnosticado com leucemia. Ele passou por mais de 100 transfusões sanguíneas durante um período crítico da pandemia, quando a doação de sangue tornou-se desafiadora e necessária para o sucesso do tratamento. Com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância da doação e, nesse sentido, mostrar as ações do hemocentro no município, a mostra também reconhece e valoriza os doadores voluntários.

- Publicidade -
Anúncio Centro
Anúncio Centro
Anúncio Centro

Para Lauricéia, por mais que existam as campanhas do Ministério da Saúde e da Fundação Hemominas, muitas pessoas ainda desconhecem como é simples e seguro o processo de doação de sangue, inclusive o impacto que tal gesto traz na vida dos doadores. “É preciso desmistificar mesmo, que doação de sangue é um processo muito simples, 100% seguro para quem doa e que traz a vida para quem recebe. A exposição aborda os pré-requisitos de quem pode ou não pode doar, o principal é a idade, precisa ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50 quilos e não ter tido hepatite após os 11 anos de idade, ou seja, nós temos muitas pessoas em Poços que são potenciais doadores e que, às vezes, não doam por falta de informação. Então, essa é a grande oportunidade da gente estar trazendo informação para a população”, ressaltou.

Histórias de três pacientes são contadas na exposição. “Pacientes que receberam o sangue e que estão bem de saúde hoje e também o transplante de medula óssea. Às vezes as pessoas desconhecem que tem muitos pacientes no hospital, quando a gente está saudável a gente esquece que tem gente lá. Então, as pessoas podem conferir o relato da Pricila, que usou o sangue durante um tratamento de leucemia e está esperando o transplante de medula óssea, do José Augusto, que era doador e passou a ser um receptor e também recebeu medula óssea, e do seu José, lá de Santa Rita de Caldas, que ficou em estado gravíssimo com covid, usou muitas bolsas de sangue e hoje, graças a Deus, está bem e curado”, contou.

- Publicidade -

O vereador Flavinho destacou o trabalho que a Fundação Hemominas realiza em Poços e em todo o estado de Minas. “Comemorando no dia 25 de novembro o Dia Nacional do Doador de Sangue, é de extrema importância a Câmara fazer parte da campanha de engajamento do doador de sangue. O trabalho que o Hemominas faz é de excelência na busca de convencimento e de esclarecimento, trazendo cada dia mais doadores de sangue que se traduzem em doadores de vida. Então, é fundamental o Legislativo fazer parte disso, podendo fortalecer o trabalho do Hemominas, provocando cada vez mais doadores para suprir o estoque que é sempre muito baixo”, afirmou.

A exposição está no saguão de entrada da Câmara e as visitas podem ser feitas das 9 às 18h.

- Advertisement -

 

 




- Publicidade -
Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!