- Publicidade -
20.7 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Consulado brasileiro em NY abre as portas para a arte e a cultura

- Publicidade -
Paulo Govêa e Angélica Walker

O Consulado Brasileiro em Nova York deixou de ser um espaço apenas burocrático, função primordial para o desembaraço de documentação e garantia de direitos dos cidadãos brasileiros, para dar visibilidade à arte e à cultura.

Desta vez abriga a exposição de quadros do artista Paulo Govêa. A vernissage aconteceu terça-feira (7) com convidados do Brasil, de outras nacionalidades e a curiosidade dos americanos pela arte latina.

- Publicidade -
Anúncio Centro
Anúncio Centro
Anúncio Centro

Paulo nasceu em São Paulo, viveu em Florianópolis-SC e já apresentou seus trabalhos em mais de 10 países. Sob total influência de sua mãe, também artista plástica, partiu da arte urbana para os importantes salões de exposição levando um olhar cotidiano mural para o colorido das telas. Sua marca singular são as pessoas com cabeças triangulares, personagens de diferentes contextos, com ênfase para o folclore brasileiro, presente nesta exposição.

Em Nova York, sob curadoria da produtora de eventos culturais Angélica Walker, ele apresenta 11 obras originais, exposição que fica aberta ao público que passar pelo Consulado até o dia 7 de janeiro de 2024. “Eu não pensava em chegar neste momento da minha carreira como artista. Eu apenas queria viver da arte, mas hoje sei o quanto é relevante cada quadro, cada traço, cada desenho para inspirar outras pessoas em tantos temas diferentes. Estou muito feliz por este espaço no consulado brasileiro”.

- Publicidade -

Para o ano que vem o artista pretende criar nova exposição, seguindo a linha abstrata, talvez deixando um pouco de lado os rostos e abrindo novos caminhos de uma mente criativa.

(Rose Lino)

- Publicidade -

 




- Publicidade -
Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!