- Publicidade -
15.4 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

“Amor líquido: Sobre a fragilidade dos laços humanos” é a indicação de leitura da semana

- Publicidade -

“Amor líquido é um amor até segundo aviso, o amor a partir do padrão dos bens de consumo: mantenha-o enquanto ele te trouxer satisfação e o substitua por outros que prometem ainda mais satisfação. É o amor com um espectro de eliminação imediata e, assim, também de ansiedade permanente, pairando acima dele. Na sua forma ‘líquida’, o amor tenta substituir a qualidade por quantidade — mas isso nunca pode ser feito, como seus praticantes mais cedo ou mais tarde acabam percebendo.”

- Publicidade -

Zymunt Bauman (1925-2017) nasceu em Poznan, Polônia. Filho de judeus, em 1939, junto com sua família, escapou da invasão das tropas nazistas e se refugiou na União Soviética. Em 1940, ingressou no Partido Operário Unificado, o partido comunista da Polônia. Em 1945, entrou para o Serviço de Inteligência Militar, onde permaneceu durante três anos e depois estudou Sociologia na Academia de Política e Ciências Sociais de Varsóvia.

Em “Amor líquido”, Bauman compara os relacionamentos com o consumismo. “O consumo está cada vez mais rápido, fácil e descartável”, observa o escritor. O consumidor está sempre com mais fome e sente profunda insatisfação o tempo todo, ou seja, os relacionamentos seguem a lógica das mercadorias, se existe algum defeito, podem ser trocadas. Por outro lado, as consequências desse novo padrão de relação social fragiliza a confiança no próximo. Em outras palavras, o autor considera que os relacionamentos humanos correm o risco de extinção.

- Publicidade -

Segundo Bauman, isso se dá por vários motivos e um dos principais fatores para a mudança das relações entre os homens é a era da informação e da internet, que trouxe uma espécie de interação superficial entre as pessoas, na qual o virtual passou a ser mais importante do que o real.

Toda semana, o @bibliotecaspublicasdepocos, perfil das bibliotecas públicas de Poços de Caldas no Instagram, divulga uma sugestão de leitura. O objetivo é democratizar o acesso ao acervo bibliográfico, chamar a atenção de novos leitores e ampliar a visitação da comunidade local aos espaços, atuando no fomento ao livro, à leitura e à literatura.

- Advertisement -

Serviço

Título: “Amor Líquido: Sobre a fragilidade dos laços humanos”
Autor: Zymunt Bauman
Data de publicação: 2004

“Amor Líquido”, livro para todos os inquietos com as fragilidades dos laços humanos nos tempos atuais, é indicação de leitura da equipe da Biblioteca Manuel Francisco Costa Guimarães, no Conjunto Habitacional, onde está disponível para empréstimo, assim como na Biblioteca Municipal Centenário, na Urca. Confira os endereços e horários de funcionamento.

Biblioteca Pública Municipal Centenário
Endereço: Praça Getúlio Vargas, s/nº – Centro (no prédio da Urca)
Telefone: 3697-2375
Horário de funcionamento: das 8h às 17h30

Biblioteca Pública Municipal Manuel Francisco Costa Guimarães
Endereço: Avenida Jaçanã Musa dos Santos, 270 – Cohab
Telefone: 3697-2074
Horário de funcionamento: das 7h às 15h.

 




- Publicidade -
Veja também
- Publicidade -






Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!