- Publicidade -
23.1 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Autores de homicídios são presos em operação policial

- Publicidade -

A Polícia Civil apresentou, na manhã desta sexta-feira (20), o resultado de três investigações de homicídio, entre consumados e tentados, em Poços. Para os trabalhos uma operação foi desencadeada pela manhã com a prisão de quatro suspeitos.

Cerca de 30 policiais saíram às ruas nas primeiras horas do dia para dar cumprimento a quatro mandados de prisão e seis de busca e apreensão em diversas regiões da cidade, com o objetivo de combater os crimes de homicídio e buscar solução para pelo menos três deles ocorridos nos últimos meses.

- Publicidade -
Anúncio Centro
Anúncio Centro
Anúncio Centro

VILAGE SÃO LUÍS

- Publicidade -

Em 2 de setembro Rodrigo Tome Anunciação, de 41 anos, foi baleado na cabeça e morto em uma das rua do bairro Vilage São Luís, na zona oeste.  Durante a operação desta sexta-feira o autor foi preso após ser identificado durante as investigações.

“Ele já foi ouvido e confessou a autoria delitiva, porém, apontou uma versão de que o tiro teria sido acidental. Essa informação está sendo analisada pela equipe contrapondo com outras diligências, em especialmente laudos periciais, além da impossibilidade de analisar a arma de fogo”, explica o delegado Cleyson Rodrigo Brene, que está à frente das investigações.

- Publicidade -

Agora a polícia tem 30 dias para concluir as investigações, o prazo é o mesmo para que o suspeito permaneça preso. A motivação inicial seria o tráfico de drogas.

SÃO JOSÉ

Já dia 24 de setembro, uma discussão virou uma briga generalizada no bairro São José onde houve vítimas de disparo de arma de fogo e um homem foi ferido com uma facada na região do pescoço, sendo este último o suspeito de ser o autor dos disparos.

“Ao ser atendido no hospital o autor chegou a ser identificado como suspeito dos disparos e encaminhado à delegacia, onde ele foi ouvido pelo delegado de plantão, que em razão da carência de informações, da arma de fogo e da ausência de vítimas para testemunhar, não ratificou a prisão em flagrante”, explica o delegado.

As investigações continuaram e após ouvir três vítimas, duas delas foram alvejadas e ainda estão com as munições alojadas no corpo, a polícia identificou não só o autor dos disparos, que era o homem encaminhado à delegacia no dia dos fatos, como também um coautor, responsável por fornecer a arma e efetuar disparos para o alto, e que é parente do autor.

“Representamos pela prisão preventiva desses autores, que são tio e sobrinho, de 21 e 43 anos. Esses mandados foram cumpridos no bairro São José, onde efetuamos a prisão e apreensão dos celulares e de uma réplica de arma de fogo”, esclarece.

CAIO JUNQUEIRA

Sobre o homicídio do dia 1° de outubro, quando o mototaxista Leandro Xavier Correa, de 35 anos, foi baleado dentro de um posto de combustíveis no bairro Caio Junqueira, a polícia também conseguiu chegar ao autor e identificar a motivação do crime.

“A partir de informações de familiares e das diligências realizadas identificamos a namorada da vítima e ainda a ouvimos na delegacia. Ela confirmou que estava com a vítima momentos antes dos disparos, reforçando as suspeitas contra seu ex-marido”, conta.

A polícia ainda identificou que o ex-marido teria ameaçado o casal na porta de uma creche por conta do convívio dele com seus filhos e que a moto usada pelo autor dos disparos estava no nome do suspeito.

Através de dados telefônicos e de testemunhas, os investigadores descobriram que após o crime o autor teria fugido para o distrito de Palmeiral. Ele foi preso nesta sexta-feira durante a operação policial.

 




- Publicidade -
Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!