- Publicidade -
24.4 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Poços registra aumento nos casos de vandalismo em locais turísticos  

- Publicidade -
Complexo Aquático (divulgação)

Nos últimos meses, Poços de Caldas foi atingida por uma série de atos de vandalismo que têm como alvos os equipamentos turísticos. O pórtico da cidade teve seus vidros estilhaçados, nesse fim de semana, pedras foram lançadas contra as janelas e outras formas de vandalismo foram registradas. A situação alarmante levou a Secretaria de Turismo a tomar medidas rigorosas para garantir a segurança desses locais que são fundamentais para a economia e a identidade da cidade.

A Secretaria de Turismo, através do secretário Israel Pereira e equipe, tem acompanhado de perto esses casos preocupantes. Registros de ocorrência foram feitos junto à Guarda Civil Municipal para aumentar a segurança em torno desses locais e também para adquirir novos equipamentos de proteção do patrimônio turístico da cidade.

- Publicidade -
Anúncio Centro
Anúncio Centro
Anúncio Centro

“Estamos profundamente preocupados com o aumento dos atos de vandalismo direcionados aos nossos equipamentos de turismo”, afirmou o secretário Israel Pereira. “Nossas fontes e fontanários, que não são apenas pontos turísticos, mas também fazem parte da nossa história e cultura, têm sido alvos frequentes de destruição e depredação.”

O Complexo Aquático Vereador Eduardo Paiva, a fonte situada em frente à Câmara Municipal, juntamente com a Fonte das Rosas, tornou-se alvo de atos de vandalismo alarmantes. Vândalos invadiram esses locais, roubando fios elétricos essenciais e danificando os painéis elétricos. Embora tenham tentado levar as bombas das fontes, felizmente, não conseguiram.

- Publicidade -

Os prejuízos causados ​​por esses atos vândalos vão além do valor do material dos equipamentos danificados. Eles também geraram transtornos prejudiciais no serviço oferecido à população.

A Secretaria de Turismo está trabalhando em estreita colaboração com a Guarda Civil Municipal para intensificar a segurança em torno de todos os equipamentos turísticos da cidade. Além disso, estão em andamento planos para aquisição de tecnologias de segurança avançadas, como câmeras de vigilância de alta resolução e sistemas de alarme, para proteger a cidade toda com o projeto “Cidade Inteligente”. A infraestrutura tecnológica será um pilar fundamental desse projeto, envolvendo a fibração da cidade e a implantação de um data center, que será o centro de tráfego das informações, incluindo imagens e monitoramento de vídeo com inteligência artificial.

- Publicidade -

O secretário ainda ressalta que a conscientização dos moradores de Poços de Caldas sobre a importância da preservação do patrimônio turístico da cidade desempenha um papel crucial na manutenção da identidade, na promoção do turismo sustentável e na criação de um senso de comunidade que somente com o envolvimento ativo e a conscientização dos moradores, a cidade pode proteger e celebrar seu rico patrimônio, garantindo um futuro próspero e sustentável para todos.

O crime de vandalismo está previsto na lei 9.605 e também no artigo 144 do Código de Posturas de município, lei 9.166/2016, com multa de 50 a 500 UFMs. Quem flagrar atos de dano ao patrimônio pode denunciar pelos telefones 153, da GM, e 190, da Polícia Militar.

Pórtico (divulgação)



- Publicidade -
Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!