- Publicidade -
19.5 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Copa de Parapente reúne 125 atletas e movimenta a economia de Andradas

- Publicidade -
Fabio Martins, diretor de Operações da Alcoa Poços de Caldas, durante entrega da premiação às vencedoras da PWC (divulgação)

A sexta etapa da turnê de 2023 da Copa do Mundo de Parapente – Paragliding World Cup (PWC), realizada em Andradas, terminou neste sábado, 30 de setembro. Após uma semana de provas realizadas no Pico do Gavião, a competição foi concluída com sucesso, conforme avalia Luís Cruz, presidente da Vetor Esportes, empresa responsável pela organização do evento.

“Nós chegamos até a pensar em cancelar o evento, mas o patrocínio da Alcoa e o apoio da prefeitura municipal e do Pico do Gavião foram fundamentais para a realização e o sucesso da competição”, ressalta Luís. “Conseguimos conciliar business e competição, criando um novo padrão de organização que, com certeza, será cobrado pelos novos pilotos em outras etapas. E isso é muito bom para o esporte”.

- Publicidade -

A PWC é reconhecida pela Federação Internacional de Aeroesportes (FAI) e já passou, este ano, por Turquia, Romênia, França e Espanha. Esta é a terceira vez que o Pico do Gavião sedia a Copa, que reuniu 125 atletas de 28 países, como Brasil, Austrália, Colômbia, França, Japão e Estados Unidos.

Marcella Uchoa é poços-caldense e conquistou o quarto lugar feminino. Ela afirma que, dentre os diferentes países onde já competiu, a rampa de Andradas é uma das melhores do mundo. “Fiquei muito feliz com minha colocação. No total, tivemos cinco dias de prova com diferentes condições climáticas, o que é uma média bem alta para o PWC” contou.

Além de Marcella, a brasileira Isabela Sales, de Saquarema, ficou em 5º lugar e os brasileiros Rafael Barros, Alexandre Germani, Lucas Ribas e Erico Oliveira, da Niviuk, e Washington Peruchi, Luiz Cezar Dias, Martinho Ribeiro Morais e Tony Negreiros, da Vetor, ficaram em 1º e 2º lugares, respectivamente, por equipes. Os resultados podem ser conferidos no site: https://pwca.events/pwca-results.

A presença de turistas e atletas movimentou a economia do município, conforme avalia Fabiano Sulato, presidente do Conselho Municipal de Defesa e Conservação do Meio Ambiente (Codema) de Andradas, representante da prefeita Margot Pioli. “Conversei com comerciantes e eles acharam o PWC bem importante para a cidade. Com certeza, eventos trazem muito movimento e esse não foi diferente: lotou os hotéis. O balanço foi muito positivo”, conclui.

Fabio Martins, diretor de Operações da Alcoa Poços de Caldas, patrocinadora master, participou da premiação aos atletas e recebeu um troféu de agradecimento pelo apoio. Na oportunidade, ele reforçou o apoio da companhia a ações de turismo e esporte. “Tivemos a honra de contribuir com a maior competição da categoria de parapente e ficamos muito felizes e satisfeitos com a repercussão positiva tanto entre os atletas quanto para a cidade”, pontua.

 



- Publicidade - Laboratório Prognose
- Publicidade - Laboratório Prognose
- Publicidade - Laboratório Prognose
- Publicidade - Laboratório Prognose
Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!