- Publicidade -
10.9 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Competição de parapente reúne participantes de 28 países em Andradas

- Publicidade -

 

Foto Confederação Brasileira de Voo Livre

Durante toda a semana, a cidade de Andradas é palco do maior evento mundial de voo livre. No último sábado (23), foi aberta a 6ª etapa da Copa Mundial de Parapente (PWC), que reúne 120 competidores de 28 países, como Austrália, Colômbia, França, Japão e Estados Unidos. A abertura foi realizada no Pavilhão do Vinho, com a presença de atletas e das entidades do esporte no Brasil e no mundo. Participaram Fabio Martins, diretor de Operações, e Maria Cristina Gonçalves, gerente de Relações Externas e Comunicação, representando a Alcoa, patrocinadora master da competição; Goran Dimishkovski, da Macedônia, presidente da Paragliding World Cup Association (PWCA) e diretor da Copa; Fabiano Sulato, presidente do Conselho Municipal de Defesa e Conservação do Meio Ambiente (Codema) de Andradas, representando a prefeita Margot Pioli, e Luís Cruz, presidente da Vetor Esportes, empresa organizadora da Copa.

- Publicidade -

Após o cerimonial, conduzido por Maria Cristina Gonçalves, Goran Dimishkovski apresentou o briefing de segurança da prova e as principais informações sobre os sete dias de competição, que serão realizadas no Pico do Gavião, até sábado, dia 30, a partir das 11h.

De acordo com Luís Cruz, a Copa de Parapente evolui a cada ano para superar padrões de excelência em infraestrutura e organização, que podem ser observados este ano. “Levamos muito a sério todo o trabalho, desde a abertura ao encerramento e aproveitamos para agradecer o patrocínio da Alcoa, que chegou para somar forças e manter esta importante competição em Andradas”.

Dimishkovski completou dizendo que a parceria com a Alcoa foi fundamental para a realização do evento. “Este apoio traz credibilidade e possibilita o desenvolvimento do esporte regional e mundialmente”, destacou.

“Temos a certeza de que a exposição da cidade, que ganha mais visibilidade com a Copa Mundial de Parapente, vai trazer benefícios não só durante a semana de competição, mas a longo prazo, já que muitos participantes, com certeza, voltarão para conhecer melhor as suas belezas, atrações e produtos típicos”, observou Fabio Martins, ressaltando que esta é a primeira vez que a Alcoa patrocina o evento e a experiência está sendo muito bacana. “Além do incentivo ao esporte e ao turismo estarem inseridos na nossa política de Responsabilidade Social, o parapente é um esporte que usa muito o alumínio em seus equipamentos”.

Fabiano Sulato, Maria Cristina Gonçalves, Fabio Martins, Luís Cruz, Inahiá Castro (Comunicação PWC) e Goran Dimishkovski na abertura da Copa Mundial de Parapente


- Publicidade - Laboratório Prognose
- Publicidade - Laboratório Prognose
- Publicidade - Laboratório Prognose
- Publicidade - Laboratório Prognose
Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!