- Publicidade -
18.3 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Comissão de Meio Ambiente da ALMG vai visitar barragem da INB em Caldas

- Publicidade -
INB em Caldas vai receber visita da Comissão de Meio Ambiente da ALMG (foto INB)

A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) vai a Caldas, no sul do Estado, para averiguar a situação da Barragem D4 da Indústrias Nucleares do Brasil (INB), que contém material radioativo. A visita será nesta sexta-feira (22), às 9h.

A autora do requerimento, deputada Bella Gonçalves (Psol), explica que a visita busca averiguar em que fase se encontra o plano de descomissionamento da barragem. A comissão quer, ainda, apurar denúncias de que a estrutura ainda estaria recebendo material radioativo de outras unidades, o que teria elevado seu grau de risco para nível 1.

- Publicidade -
Anúncio Centro
Anúncio Centro
Anúncio Centro

“Percebe-se a tentativa de se criar em Minas Gerais, no município de Caldas, o lixão radioativo do Brasil.”

Bella Gonçalves destaca que a barragem começa a apresentar problemas com carreamento de sólidos com muitos metais pesados, o que pode causar um desastre de proporções internacionais, já que o material pode chegar à Argentina, via Rio Paraná.

- Publicidade -

A justificativa que acompanha o requerimento aponta que a Barragem D4 tem urânio e tório provenientes de rejeitos da mineração que estão a céu aberto, além de materiais pesados e muita lama. A estrutura remonta à década de 1970, quando os militares e o governo federal decidiram abrir uma mina de urânio no local, fechada em 1982, por falta de viabilidade econômica.

O material teria sido colocado em tambores, em constante processo de corrosão. Para lá também teria sido levado resíduo radioativo produzido na capital paulista pela Orquima, sucedida pela Nuclemon, fechada em 1992 e que deixou um rastro de mortos e doentes, ainda segundo o texto. Toneladas de materiais de outras unidades da INB também teriam sido transportados para Caldas.

- Advertisement -

Foram convidadas para a visita, autoridades locais, estaduais e federais ligadas à área ambiental.




- Publicidade -
Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!