- Publicidade -
20.6 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Saúde divulga balanço de doenças sexualmente transmissíveis no primeiro semestre  

- Publicidade -
divulgação

A equipe do Programa Municipal IST/Aids tem realizado trabalhos de conscientização, prevenção e diagnóstico de doenças sexualmente transmissíveis no primeiro semestre de 2023.

Poços de Caldas registrou, de 2014 a 2022, 687 casos de HIV. No ano de 2023 foram notificados 17 casos novos. O SAE tem cadastrado 542 pessoas em tratamento do HIV/Aids, destas, somente 19 pessoas têm carga viral detectável e 24 em abandono.

- Publicidade -

Já em casos de sífilis, no 1º semestre de 2023 já foram notificados 138 casos de sífilis adquirida. E de hepatites virais foram notificados dois casos novos ‘B’ e seis ‘C’. Atualmente o SAE tem acompanhado 31 pacientes de hepatite B e C.

A principal ação da Secretaria para reduzir esses números foi a realização do Programa Fique Sabendo, que atingiu pessoas das mais diversas faixas etárias na comunidade em geral. Durante o Carnaval foi realizada a distribuição de preservativos e informativos, no decorrer do ano também houve instalação de tenda no centro da cidade com a realização de testes rápidos e distribuição de informativos, e ações de sensibilização e conscientização sobre as hepatites aos profissionais dos salões e estúdios de piercing e tatuagem.

- Publicidade -

“O Programa Fique Sabendo é uma mobilização mundial, elaborada para atender os casos mais vulneráveis, de pessoas que procuram o atendimento médico com o diagnóstico da doença, o que é um problema, já que quanto mais rápido o conhecimento da presença do vírus HIV no organismo, melhor o combate à Aids”, afirmou a coordenadora do programa municipal de IST/Aids e Hepatites Virais, Sirley Oliveira.

Além disso, neste primeiro semestre foram distribuídos 20 dispensadores de preservativos instalados em bares da cidade e distribuídos em torno de 137.700 preservativos, sendo 122.530 masculinos, 6.990 femininos, além de 7170 géis lubrificantes. Aproximadamente 6 mil testes rápidos foram realizados, representando um aumento de 20% comparado a 2022. Além dos testes rápidos, a rede dispõe do autoteste HIV, estratégia que permite ao usuário testar a si mesmo e ofertar às parcerias. Também foram realizadas ações visando expansão e qualificação da testagem rápida no município, além de constante vigilância das referências regionais para capacitação de novos profissionais para testagem rápida.



- Publicidade - Laboratório Prognose
- Publicidade - Laboratório Prognose
- Publicidade - Laboratório Prognose
- Publicidade - Laboratório Prognose
Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!