- Publicidade -
23.7 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Alcoa participa da Exposibram e da Conferência Internacional Amazônia e Novas Economias

- Publicidade -
Fabio Costa, da área de Relações Externas e Comunicação da Alcoa Poços de Caldas, mediou uma das mesas sobre inclusão, equidade e pertencimento: Contratos Visuais: Experiências com a Gestão Inclusiva para PCDs

Transição energética, descarbonização, economia circular, gestão sustentável de resíduos e bioeconomia foram apenas alguns dos temas que permearam os painéis da Alcoa na Expo & Congresso Brasileiro de Mineração (Exposibram 2023), tradicional evento do setor realizado de 28 a 31 de agosto no Hangar Centro de Convenções & Feiras da Amazônia, em Belém (PA). A empresa, líder mundial na produção de bauxita, alumina e alumínio no Brasil, também esteve na Conferência Internacional Amazônia e Novas Economias, que aconteceu simultaneamente, de 30 de agosto a 1º de setembro, no mesmo local.

No total, cinco executivos da companhia palestraram em cinco painéis, sendo quatro na Exposibram e um na Conferência. Em comum, o foco na construção de um futuro mais sustentável a partir de soluções que conciliam a preservação da biodiversidade e o desenvolvimento compartilhado para as comunidades. Otávio Carvalheira, presidente da Alcoa Brasil, Alfredo Duarte, diretor de Energia, Hélio Lazarim, diretor de Operações de Juruti (PA), Lívia Mello, gerente de Reuso de Resíduo de Bauxita e Thaíza Bissacot, diretora regional de Meio Ambiente, mostraram, dentro das suas áreas de atuação, caminhos para equilibrar a necessidade da expansão da mineração, sobretudo de minerais estratégicos, com a transição para uma economia de baixo carbono, capaz de reduzir os impactos das mudanças climáticas.

- Publicidade -
Anúncio Centro
Anúncio Centro
Anúncio Centro

“É por isso que estamos investindo muito em inovação com foco em reciclagem, uso de biocombustíveis e eletrificação de equipamentos e operações. É um caminho sem volta”, afirmou Carvalheira, durante o painel Inovação para Sustentabilidade Social, realizado pelo Mining Hub, dia 30 de agosto.

Em paralelo, os visitantes da Exposibram também conheceram o estande institucional da Alcoa, onde aprenderam mais sobre o processo de mineração de bauxita e ficaram por dentro de novidades das três plantas operacionais (Juruti-PA, Poços de Caldas-MG e Alumar-MA). Já a equipe da área Comercial aproveitou o evento para realizar reuniões com 26 fornecedores, em dois dias de rodadas de negócios, para esclarecimentos de dúvidas sobre a atuação da empresa, operações e produtos.

- Publicidade -

Pessoas no centro

Outro recado forte deixado pela Alcoa em ambos os eventos é de que não existe agenda forte de ESG apenas com investimentos ambientais: é essencial colocar o ser humano no centro da estratégia de negócios, direcionando o olhar para a diversidade e o fortalecimento socioeconômico das comunidades, gerando emprego e renda para reduzir desigualdades.

- Publicidade -

Neste caminho, Fábio Costa, analista de Relações Comunitárias e Comunicação Externa, e Nathalia Amâncio, analista de Endomarketing, atuaram respectivamente como mediadores de rodas de conversas com foco em inclusão para pessoas com deficiência e outros grupos sub-representados (mulheres, pretos e pardos, pessoas com deficiência e profissionais LGBTQIAP+).

Na mesa Diversidade e Inclusão: conheça as redes de apoio da Alcoa, por exemplo, os colaboradores Adenilson Santos (Able – pessoas com deficiência), Keila Silva (AWN – Rede de Mulheres) e Micheline Nascimento (Aware – pessoas pretas e pardas) trouxeram reflexões importantes e um rico debate sobre o respeito à representatividade e o empoderamento para um ambiente de trabalho mais inclusivo.




- Publicidade -
Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!