- Publicidade -
21 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Professora e poeta Geni Guimarães é a indicada do Leia Mulheres Negras

- Publicidade -
divulgação

Dentro da Campanha Leia Mulheres Negras, o Sistema Municipal de Bibliotecas Públicas de Poços de Caldas indica, nesta semana, a escritora Geni Mariano Guimarães. Nascida na área rural do município de São Manoel, São Paulo, em 8 de setembro de 1947, mudou-se aos cinco anos para Barra Bonita, onde passou a frequentar a escola.

Iniciou sua carreira de escritora publicando seus primeiros trabalhos no Debate Regional e no Jornal da Barra. Em 1979, lançou seu primeiro livro de poemas, Terceiro Filho. Em 1981, publicou dois contos no número 4 de Cadernos Negros, assim como seu segundo livro de poesia, fortemente marcado pelos tons de protesto e de afirmação identitária.

- Publicidade -

Os livros mais conhecidos da autora apresentam caráter autobiográfico. O livro “A cor da ternura” conta a história de Geni, a penúltima de uma família de oito irmãos. Negra e pobre, logo se dá conta do peso da cor e da condição social e aprende a conviver com ofensas e xingamentos. Ela aprende muito com sua Vó Rosária, que lhe conta as histórias do tempo da escravidão. Depois de muito estudo, Geni se torna professora e pode transmitir suas histórias, pautadas pela tolerância e respeito.

A história real de uma infância pobre, sofrida, permeada de preconceito, porém que possui uma mensagem linda, singela e uma grande lição sobre como sobreviver com ternura em um país racista.

- Publicidade -

“A cor da ternura” está disponível para empréstimo na Biblioteca Municipal Manuel Francisco Costa Guimarães, no Conjunto Habitacional.




- Publicidade -
Veja também
- Publicidade -






Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!