- Publicidade -
24.9 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Instituto Alcoa realiza terceira edição do Festival da Cultura Empreendedora

- Publicidade -
Festival de Cultura Empreendedora (divulgação)

O 3º Festival da Cultura Empreendedora, promovido pelo Instituto Alcoa, com apoio técnico do Estúdio Cais, debateu os caminhos e as motivações para que cada vez mais brasileiros e brasileiras façam parte do ecossistema empreendedor. Com o tema Da necessidade à oportunidade: a jornada do(a) empreendedor(a), a edição 2023 foi híbrida, com atividades online e presenciais.

O Festival reuniu especialistas, colaboradores da Alcoa, membros dos Conselhos Consultivos de Relações Comunitárias, organizações sociais, representantes do setor público, empreendedores e todos os interessados em dialogar sobre a cultura empreendedora e a importância de fortalecer a diversidade em projetos de geração de renda, assim como encontrar caminhos para toda a sociedade apoiar essas iniciativas em prol de um país mais igualitário. A abertura, em 6 de julho, inspirou as ações que aconteceram nos dias seguintes nos territórios onde o Instituto Alcoa atua, dia 7 de julho em Juruti-PA e em São Luís-MA, e dia 11 de julho em Poços de Caldas.

- Publicidade -
Anúncio Centro
Anúncio Centro
Anúncio Centro

O evento online no dia 6 promoveu duas mesas de debate, abertas ao público, gratuitas, e com certificado de participação. A primeira mesa, com o tema “Assessoria e inovação para o empreendedorismo”, foi mediada por Monica Espadaro, diretora executiva de Operações do Instituto Alcoa, e contou com a convidada Jennifer Rodrigues (sócia-fundadora da Empreende Aí – https://www.empreendeai.com.br/) e Lucas Gustavo Fonseca (Secretaria de Planejamento e Orçamento do Maranhão). A segunda mesa, com o tema “Experiências de jovens empreendedores”, foi mediada por Tatiana Bizzi, diretora executiva do Instituto Alcoa, contou com a convidada Gabriela Chaves (NoFront – Empoderamento Financeiro – NoFront – Empoderamento Financeiro) e Vinnicius Rodrigo Ferreira Nazaré (startup Cordel – Somos Cordel).

A proposta das mesas e dos convidados foi levantar pontos importantes no debate sobre o empreendedorismo. Foram apresentados temas diversos sobre inovação de negócios, identificação de oportunidades, educação financeira e a importância da formação para quem empreende por necessidade.

- Publicidade -

Nos dias seguintes, ocorreram atividades presenciais nas localidades de atuação do Instituto Alcoa. Em São Luis, a atividade aconteceu dia 7 de julho, no salão da Escola Casa Familiar Rural e contou com a participação de 150 pessoas em palestras e oficinas sobre empreendedorismo. Foi realizada ainda uma feira de produtos da agricultura familiar e da empresa Doce Pedaço Biscoitos Finos e, na sequência, um debate com o tema “Modelo criativo de empreender através de projetos sociais”. Para finalizar o evento, foi realizada a apresentação cultural da Dança Cacuriá “Carimbó do Zé Libório”.

Já no município de Juruti, as atividades aconteceram dias 7 e 14 de julho, com exposição de artesanatos no Centro de Convivência Madre Clélia, com peças de barro, flores artificiais, colares e pulseiras indígenas, bonecas de pano, tapetes, forros bordados e muitos alimento; roda de conversa com a participação de 20 mulheres das áreas de costura, crochê, manicure e produção de bolos, as quais integram projetos como o Dona’s e Costurando Sonhos, e apresentação cultural do Grupo de Adolescentes da Oficina de Violão do monitor Igson.

- Advertisement -
Festival de Cultura Empreendedora (divulgação)

Por fim, dia 11 de julho, o Centro Cultural Chico Rei, em Poços de Caldas, recebeu mais de 50 participantes do festival e empreendedores. Além disso, houve uma roda de conversa sobre diversos temas, como cultura, sustentabilidade e afro-empreendedorismo. Assim como em outras localidades, foi realizada uma Feira de Empreendedores e uma atividade cultural com discotecagem de Pedro Cezar.

O diálogo sobre a importância da cultura empreendedora é necessária e incentivada pelo Instituto Alcoa, que apoia ações de qualificação profissional, inclusão produtiva e incentivo ao empreendedorismo para o acesso a trabalho e renda. Para Monica Espadaro, o Festival da Cultura Empreendedora vem se fortalecendo como uma iniciativa de disseminação de conhecimentos e práticas, de estímulo e fortalecimento do empreendedorismo. “Neste ano, mais de 200 pessoas participaram de diferentes atividades que reuniram especialistas e empreendedoras e empreendedores que estão em diferentes estágios de seus negócios, promovendo trocas e oportunidades de aprendizado e crescimento.”




- Publicidade -
Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!