- Publicidade -
14.7 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

NucleArte comemora aniversário de Poços com sessões gratuitas de A Sociedade do Papel 

- Publicidade -
Espetáculo é autoral e ganhou prêmios em Poços e região (fotos: Ana Souza)

A Urca recebe duas apresentações do espetáculo “A sociedade do papel”, do grupo NucleArte, na próxima semana. Todas têm entrada gratuita, às 19h. A primeira ocorre na terça (6), dia do aniversário da cidade, e acontece pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura, com apoio da Climepe Total. Na quarta (7), a realização é por meio do Programa de Patrocínios Diretos do DME. As duas sessões têm apoio da Secretaria de Cultura e do Projeto Toque para o Futuro 

Essa é a primeira montagem autoral do grupo e estreou em 2017, selecionada pelo Prêmio Benigno Gaiga de Incentivo ao Teatro. O espetáculo também recebeu os prêmios de melhor direção e 3º lugar no Festival Trup de Cenas Curtas e de melhor visagismo, melhor sonoplastia e 3º lugar no Prêmio AATA de Teatro. 

- Publicidade -

O diretor Nando Gonçalves conta que o processo de criação é contínuo. “Estamos sempre buscando evoluir. Como o grupo é grande, com cerca de 15 membros, temos olhares que se complementam e formam um espetáculo cada vez mais rico”. 

Música Higiênicos foi composta pelo próprio grupo

O espetáculo 

A montagem trata o papel como metáfora social, mas também enquanto matéria, produto da celulose. A partir daí, são provocadas reflexões sobre questões como consumismo, relações humanas, manipulação e efemeridade. “Basicamente, o espetáculo aborda as relações humanas, os papeis sociais. A gente brinca com isso por meio da arte”, explica o diretor. 

Trilha sonora 

Formado por músicos e atores, o núcleo mantém a marca de fazer trilha sonora ao vivo, inclusive com músicas próprias. Instrumentos como piano, sintetizador, contrabaixo acústico, violão e percussão, entre outros, criam a atmosfera necessária para cada cena e ajudam a envolver o público. 

Do divertido funk “Higiênicos” à conceitual “Noite”, as músicas inspiraram inclusive a criação de algumas cenas. A atriz e musicista Nanda Dearo faz a direção musical da peça. “A música ‘De papel’, por exemplo, é sobre quando saí de casa para morar em um apartamento de paredes muito finas. Um amigo disse que as paredes eram de papel e isso me inspirou a compor. Algumas cenas surgiram das músicas e vice-versa”, conta. 

Ficha técnica 

Direção: Nando Gonçalves 

Direção de cena: Luciana Rossi 

Direção musical: Nanda Dearo 

Iluminação: Felipe Campos 

Elenco: Aria Nery, Fernanda Franz, Gui Guerriero, Lino Bento, João Araújo, Júlia Ferreira, Julia Montezano, Marcelo Ambrósio, Nanda Dearo, Rafa Falz e Victor Araújo. 

Veja também
- Publicidade -
Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!