- Publicidade -
16.1 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Servidores do INSS fazem passeata no Centro de Poços

- Publicidade -
Passeata passa pela Rua Assis Figueiredo.
Passeata passa pela Rua Assis Figueiredo.

Servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) realizaram uma passeata no Centro de Poços de Caldas durante a manhã desta quinta-feira (6). A manifestação ocorre nacionalmente e faz parte da greve que começou no dia sete de julho.

Os trabalhadores saíram da agência do INSS e seguiram até a esquina das ruas Assis Figueiredo e Prefeito Chagas.”Hoje o INSS tem uma defasagem muito grande de servidores, muitos já podem se aposentar. O próprio TCU já afirmou que seriam necessários, de imediato, cerca de cinco mil servidores e o governo abriu vaga em concurso só para 900 aproximadamente. É bem aquém do que estamos precisando de imediato”, reclamou Polyana de Fátima França, técnico do seguro social.

- Publicidade -
Passeata parou na esquina das ruas Assis Figueiredo e Prefeito Chagas.
Passeata parou na esquina das ruas Assis Figueiredo e Prefeito Chagas.

Participaram do protesto servidores de Poços de Caldas, Cambuí, Guaxupé, Muzambinho e Machado. Entre as agências que pertencem à regional de Poços, apenas em Ouro Fino ainda não houve adesão à greve. “Hoje, o sistema registra o menor índice de atendimento em todo o Brasil. Exatamente no dia em que o governo ameaçou com um ação judicial contra os servidores ampliou a participação na greve em todo o Brasil”, disse o assistente social Clemente Oliveira Barros.

As principais reivindicações são de reajuste salarial de 27%, de acordo com a inflação, jornada semanal de 30 horas para todos os servidores, incorporação da gratificação por produtividade no salário, paridade entre os ativos e os aposentados e realização de concurso público para 15 mil vagas.

Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!