- Publicidade -
17.3 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Ministério Público, concessionária e prefeitura discutem a reativação do monotrilho

- Publicidade -
Após a realização da audiência pública, o Ministério Público define os termos do TAC.
Após a realização da audiência pública, o Ministério Público define os termos do TAC.

Uma audiência pública proposta pelo Ministério Público (MP) discutiu a situação do monotrilho de Poços de Caldas, na noite de quarta-feira (19). A intenção do MP é implantar um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre a empresa concessionária e a prefeitura.

O monotrilho funcionou poucas vezes, entre 2001 e 2003, e a queda de duas pilastras foi responsável por paralisar as operações. O principal impasse entre a empresa J.F. Ferreira, que tem a concessão até 2041, e a administração municipal, é sobre quem seria responsável pelas obras no rio da Avenida João Pinheiro e pela reparação da estrutura.

- Publicidade -
O evento foi realizado na Câmara Municipal.
O evento foi realizado na Câmara Municipal.

“Consertada a viga que caiu, os dois pilares, e mais uns pequenos ajustes necessários, a intenção da empresa é que o monotrilho opere, como já operou no passado. Ainda em fase experimental, transportou 25 mil pessoas”, disse o advogado da empresa, José Carlos Cardillo.

O prefeito Eloísio Lourenço também participou da audiência. “Nós entendemos as posições da concessionária e do Ministério Público. A prefeitura vai atuar de acordo com o que for definido pela justiça ou que for acordado entre concessionária, prefeitura e Ministério Público. Esse é o caminho para não trazer mais prejuízos nem ao município e nem à empresa concessionária”.

- Publicidade -

A audiência pública foi importante para que o promotor Emmanuel Levenhagen possa seguir na definição dos termos do TAC. “Vamos colher os últimos subsídios para elaborar esse TAC. Caso assinado, as partes são obrigadas a cumprir com determinadas obrigações para solucionar esse problema. Se não for possível celebrar esse acordo, o Ministério Público vai estudar uma outra opção”, explicou.

 



- Publicidade - Laboratório Prognose
- Publicidade - Laboratório Prognose
- Publicidade - Laboratório Prognose
- Publicidade - Laboratório Prognose
Veja também
- Publicidade -






Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!