- Publicidade -
22.7 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Nível dos reservatórios alerta para a necessidade de economia de água

- Publicidade -

O baixo volume de chuvas em todo o país tem deixado os níveis dos reservatórios das hidrelétricas abaixo do nível normal. Em Poços de Caldas, segundo a DME Distribuição, a situação não é diferente, já que as represas do Cipó e Bortolan estão com o nível de água abaixo do esperado para esse período.

De acordo com a DMED, o nível da represa Bortolan está com 1,85m abaixo do nível normal para esta época do ano. Já a represa do Cipó está com aproximadamente 4,5m abaixo da média histórica para este período. Isso se deve à estiagem prolongada registrada principalmente neste mês de janeiro, tradicionalmente úmido e chuvoso. Em Poços de Caldas foram registrados apenas 49 milímetros de chuva no mês de janeiro deste ano, índice muito inferior ao registrado neste mesmo período do ano passado, que foi de 354 milímetros.

- Publicidade -

Além da falta de chuva, as altas temperaturas acabam incentivando o maior consumo de energia, com a utilização de equipamentos como ar-condicionado e climatizadores, sem contar o aumento no consumo de água, principalmente nas residências. Com tantos fatores que contribuem com a diminuição do nível de água nas represas, e sabendo o Departamento Municipal de Água e Esgoto (DMAE) faz a captação de água para abastecimento nas represas do Cipó e Saturnino de Brito, é importante que a população também contribua, economizando para que não falte água nem haja interrupção no fornecimento de energia.

Para se ter uma ideia, segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), no final de janeiro foi registrada a média de 40,57% de armazenamento de água nos reservatórios de hidrelétricas das regiões Sudeste e Centro-Oeste. Ainda de acordo com o ONS, estas hidrelétricas são responsáveis por cerca de 70% de toda a energia produzida no país. Outra questão que deve ser levada em consideração é que, para não sobrecarregar a água dos reservatórios, há um aumento de produção de energia através das termelétricas, que geram energia mais cara quando comparadas com as hidrelétricas.

- Publicidade -

“Qualquer valor abaixo do nível de vertimento já interfere no nível de geração, portanto com os níveis atuais a geração está bastante comprometida. Todo reservatório possui um nível mínimo que deve ser respeitado sob risco de falha nas turbinas. O parque gerador do Brasil é essencialmente hidráulico, portanto a estiagem nesta época em que deveríamos ter boas chuvas, pode sim implicar em racionamento de energia, visto que os reservatórios da região sudeste estão com níveis bem abaixo do normal para esta época do ano” explica Flávio Azevedo, gerente de geração da DMED.

Dicas para evitar o desperdício de água e energia:

- Publicidade -

Reutilize a água usada na lavagem de roupas para lavar o quintal;

Mantenha a torneira fechada enquanto escova os dentes;

Tome banhos rápidos;

Lave o quintal utilizando baldes ao invés de mangueira;

Deixe acumular o máximo de roupas tanto para lavar quanto para passar;

Piscinas grandes devem ter a água tratada para evitar a troca e ser coberta com lona se não estiver em uso para evitar a evaporação;

Apague as luzes ao sair do ambiente;

Desligue a TV quando ninguém estiver assistindo;

Substitua lâmpadas comuns por lâmpadas fluorescentes;

Mantenha portas e janelas abertas para arejar o ambiente. Assim você também aumenta a luminosidade natural.

 

Fonte: ACS DME Distribuição

Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!