- Publicidade -
16.8 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Menino é morto durante perseguição policial

- Publicidade -
Polícia Militar está apurando as circunstâncias da morte.
Polícia Militar está apurando as circunstâncias da morte.

Um menino de 12 anos foi morto por um policial militar na madrugada deste domingo (1º), em Poços de Caldas. De acordo com a PM, ele havia furtado um carro com a ajuda de mais três rapazes e foi baleado durante a fuga, na Serra de São Domingos.

Após denúncia, os policiais localizaram o carro que havia sido furtado no centro de Poços de Caldas às dez horas da noite de sábado (30). Por volta das três horas, o veículo seguiu em direção à Serra de São Domingos. Após passar pela rampa de paraglider, o carro retornou e foi cercado pelos militares.

- Publicidade -

Segundo a versão dos envolvidos, o motorista jogou o carro na direção dos policiais. Neste momento, houve vários tiros e três deles atingiram o veículo. O menor foi baleado no tórax e morreu no local.

Em seguida, o carro bateu em uma árvore. Dois rapazes, de 18 e 19 anos, foram presos. O motorista conseguiu fugir. O policial responsável pelos disparos também foi preso e será julgado pela Justiça Militar. “O número exato de disparos, nenhum militar sabe. Somente depois de todas as pessoas ouvidas, vamos chegar a um denominador comum. A princípio, trata-se de uma situação legítima a ser confirmada”, disse o tenente Ronaldo Soares.

- Publicidade -
Pai do menino estava trabalhando no momento da morte do filho.
Pai do menino estava trabalhando no momento da morte do filho.

Passagens pela polícia

O menor possuía três passagens pela polícia, por furto. As duas mais recentes ocorreram no mês de novembro. Durante o velório, no Velório Municipal, o pai do menino assumiu os casos de furto e disse que não sabia de quem era o carro nem os motivos do filho estar fora de casa durante a madrugada. Paulo Juliano de Morais contou que estava trabalhando no momento da morte do filho. “A Polícia não deu satisfação de nada, eu não sei de nada. Só estou vendo meu filho morto e quero justiça”, desabafa.

Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!