- Publicidade -
17.7 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

#VaiSuldeMinas chega à segunda semana de atividades

- Publicidade -
Haverá debates e palestras, além de espetáculos de artes cênicas.
Haverá debates e palestras, além de espetáculos de artes cênicas.

A partir dessa terça-feira (19), a quarta edição #VaiSuldeMinas entra na sua segunda semana de atividades, com mais encontros de formação e espetáculos. O Festival, que desde o dia 12 traz oficinas e apresentações musicais, parte agora para um seminário sobre o assunto ‘Minério e Águas do Sul de Minas’, com duração de três dias, e o encerramento no sábado (23) com uma mostra de teatro, dança e performances.

Seminário

- Publicidade -

Com apoio da Cia Bella de Artes e presença de convidados de ampla vivência sobre o assunto, o Seminário ‘Minério e Águas do Sul de Minas: Patrimônio Cultural’ pretende propôr, ou mesmo resgatar, a temática entre poços-caldenses e comunidades vizinhas. A exploração hidro-mineral já é parte da cultura das cidades do sul de Minas desde o princípio da constituição de grande parte delas, conjuntura essa que determina condições econômicas e sociais dos municípios. Entre os convidados, a presença do mestre em Saúde Animal Apolo Heringer está confirmada. Apolo foi um dos protagonistas do Projeto Manuelzão, desenvolvido pela UFMG trazendo de volta os peixes do Rio das Velhas, que ainda ampliou a discussão da Água como elemento da saúde coletiva. A palestra com Apolo Heringer é um oferecimento do Sesc Poços de Caldas.

Todos os debates do seminário tem o objetivo de encontrar no convívio entre sociedade e atividades mineradoras, barragens, cursos de rios urbanos e fontes de águas termais, uma identidade socioambiental e cultural pertencente aos que residem na cidade, e quão vulnerável ou enraizada esta identidade está entre os novos poços-caldenses e as novas gerações de sul-mineiros. Segundo Renato Gonçalves, organizador, são encontros como esse que aumentam o acesso da população a temas dessa relevância. “O seminário, que se prevê enquanto um espaço aberto e democrático de construção formativa e informativa sobre o tema, nada mais é que o lugar em que a população tem a oportunidade de entender, ou tentar, o que é essa riqueza patrimonial que possuímos em nossa cidade e como, historicamente, temos feito o uso dela”, completa Renato. O seminário perpetua a temática já trabalhada na edição passada, em 2012, e a importância de se manter a Água como tema central fica claro no entendimento desta “enquanto organismo vivo que principia toda a relação de mundo”, explica o organizador. “Em nossa cidade, ela que tanto valor cultural e histórico tem, merece toda a atenção nesse campo qualificado de debates, discussões, reflexões e formação livre”, conclui Renato. O seminário ‘Minério e Águas do Sul de Minas: Patrimônio Cultural’ tem entrada franca, e acontece de terça a quinta-feira, às 18h, na Cia Bella de Artes, localizada no andar Pilotis do Centro Empresarial Manhattan.

Mostra de Artes Cênicas

No sábado (23), a partir das 19h no Sesc, acontece o III Cabaré Fora do Eixo Poços de Caldas, mostra de teatro, dança e performance que apresenta o trabalho de cias locais e de outras cidades. A atividade, que encerra a programação do Festival #VaiSuldeMinas 2013, amplia o acesso do público às arte cênicas propondo um fluxo de espetáculos de curta duração, com diversas linguagens artísticas e temáticas.

De Campinas-SP, a intérprete criadora Letícia Rodrigues irá apresentar a performance ‘Da Borda ao Reverso’ ao lado do violonista sul-mineiro Gustavo Infante. É a terceira apresentação da dupla na região do sul de Minas, e em todas as oportunidades notaram uma forte vontade da plateia de participar da performance tocando ou dançando. “Nós tentamos estruturar o trabalho de uma forma que o público também participe mais ativamente. Com certeza nossa expectativa em levar o trabalho para o Cabaré está na tentativa de romper com essa fronteira entre público e artista! Será a primeira vez que vamos realizar essa experiência, então as expectativas estão fervendo!”, explica Letícia. A performance, que surge de maneira única e repleta de improvisações conforme o ambiente, promete ter o público como terceiro integrante. “A intenção é colocar o espectador não apenas como um observador, mas como integrante fundamental da construção de cada momento da performance”, completa Gustavo.

O Festival

Ainda em curso, a quarta edição do #VaiSuldeMinas ganhou grande visibilidade no último fim de semana com três noites de apresentações musicais no Parque José Affonso Junqueira, reunindo quinze nomes da música local e nacional no palco montado atrás do Palace Casino. O Festival iniciou-se no último dia 12, e traz durante toda a programação diversas oficinas e debates que antecedem os finais de semana, com apresentações artísticas de música e artes cênicas.

O Festival #VaiSuldeMinas é uma realização do Coletivo Corrente Cultural em parceria com a Secretaria de Turismo e Cultura da Prefeitura Municipal de Poços de Caldas, e integra o Circuito Mineiro de Festivais Independentes e a Rede Brasil de Festivais. Mais informações no site e na página do Facebook.

Fonte: ACS Corrente Cultural.

Veja também
- Publicidade -
Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!