- Publicidade -
12.1 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Homem é preso após furtar casa no São Bento

- Publicidade -
Paulo foi preso pela Polícia Civil na manhã desta sexta-feira (18)
Paulo foi preso pela Polícia Civil na manhã desta sexta-feira (18)

A Polícia Civil prendeu, na manhã desta sexta-feira (18), Paulo César Shisaki, 34, acusado de ter furtado uma residência no bairro São Bento, durante a madrugada. O morador da casa, Clóvis de Melo,  reconheceu os objetos apreendidos.

Segundo o delegado Cleison Rodrigo Brene, um vizinho teria visto duas pessoas rondando a casa na semana passada, o que ajudou na identificação dos suspeitos. Na residência de Paulo foi encontrado apenas um aparelho de som. Os outros objetos estavam com o cunhado dele, Antônio Celso dos Santos, 36, que foi preso por receptação.

- Publicidade -

Foram recuperados um botijão de gás, uma televisão e diversas ferramentas. O delegado acredita que Paulo vendia os produtos para comprar drogas. “Ele é usuário de drogas. Percebemos pela residência, que não tem móveis, nenhum objeto. Mas a tranquilidade com que ele passou todas as ferramentas para uma terceira pessoa demonstra que ele vem fazendo isso a algum tempo”, explica.

O comerciante Clóvis de Melo comemora a apreensão dos objetos furtados. “Fizeram a festa lá em casa, mas graças à Polícia Civil de Poços de Caldas consegui recuperar a maioria das coisas”.

- Publicidade -
Delegado ouviu a mulher que confessou o homicídio
Delegado ouviu a mulher que confessou o homicídio

Homicídio

O delegado também explicou como foram feitas as investigações que culminaram na prisão de Jaciara da Silva, 35, que matou a facadas o agrônomo Antônio Ricardo Anadão, 64, na madrugada de quinta-feira (17). Jaciara foi presa à tarde, no mesmo dia. Ela foi encontrada pela Polícia Civil devido às imagens das câmeras de segurança de um posto de gasolina da Avenida José Remígio Prézia, onde os dois compraram uma garrafa de vodka antes de seguirem para a casa da vítima, no Jardim Vitória. Jaciara disse que aceitou a carona oferecida pelo idoso.

- Publicidade -

“No interior da residência, houve algum desacordo com relação a favores sexuais, que seriam o objeto dessa carona. Ambos também teriam usado crack. Houve uma discussão e ela agrediu a vítima tanto com facadas quanto com o ferro de passar roupa, o que causou um edema grave na cabeça”, esclarece o delegado.

 

Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!