- Publicidade -
20.8 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Porque não cortar as caudas dos cães

- Publicidade -
Atualmente, a caudectomia é proibida
Atualmente, a caudectomia é proibida

Nada é mais gostoso que chegar em casa e ver seu cãozinho abanando a cauda. Algumas parecem até um ventilador. Outros cães até rebolam para aumentar o abano, mas o que realmente importa é que esta é uma das principais maneiras dos cães demonstrarem seus sentimentos. Além de felicidade, as caudas podem demonstrar outras coisas como atenção, quando ela está ereta, ou medo, quando está entre as pernas.

A caudectomia, nome da cirurgia que amputa parte da cauda, foi recentemente proibida pelo conselho de medicina veterinária, pois é um procedimento apenas estético e é considerada mutilação. A maior parte das associações de raças de cães que se costumava fazer esse tipo de cirurgia já está colaborando com a nova medida. Animais sem a cauda estão sendo desclassificados em concursos e já não estão mais dentro dos padrões dessas raças. Muita gente ainda acha feio ver pinschers, rottweilers e dobermans, por exemplo, com cauda longa, mas isso é questão de costume. Assim como era comum ver esses cães de cauda curta, logo será comum vê-los com cauda longa.

- Publicidade -

Outras duas cirurgias que foram proibidas por serem consideradas mutilações foram a conchectomia, que é o corte de orelha, que era bastante comum em Pit Bulls, e a oniectomia, cirurgia realizada em gatos para retirada das unhas, para que eles não arranhem a mobília da casa.

O mais importante é o bem estar dos pets e nenhuma cirurgia estética deve ser realizada a não ser que alguma coisa possa estar colocando em risco a saúde deles.

- Publicidade -

*A autora é médica veterinária.

Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!