- Publicidade -
14.5 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Sustentabilidade no Agronegócio

- Publicidade -

Há muito tempo venho trabalhando com a visão de que sustentabilidade é utilizar os escassos recursos com eficiência. Mas, com certeza, produzir com sustentabilidade é um objetivo difícil de alcançar, pois exige da organização maior capacidade e competência naquilo que se presta a fazer.

Utilizo uma metáfora interessante que é a produção orgânica, muitos dizem que a produção orgânica é algo inviável economicamente, porém na prática vejo que para ser um produtor orgânico não basta os velhos conhecimentos da agricultura tradicional, é preciso mais. Um produtor orgânico tem que ter maior conhecimento, capacitação e uma visão mais ampla, ou seja, tem que ser melhor.

- Publicidade -

Da mesma forma é a empresa sustentável, ela deve ter em seu DNA a visão de que a única forma de produzir é com sustentabilidade, deve procurar melhorarias contínuas e saber que no processo de busca da sustentabilidade é preciso não só pensar nos resultados de curto prazo, mas também no impacto que as decisões de hoje podem afetar o amanhã.

No agronegócio, muitas empresas e produtores já observaram que estamos em um ambiente onde a única forma de sobrevivência é a busca pela sustentabilidade. Grandes traders internacionais já introduziram em sua estratégica a sustentabilidade e começam a pressionar seus fornecedores, os produtores, a adotar práticas mais sustentáveis em seus processos produtivos.

- Publicidade -

Além da pressão das empresas a fiscalização de órgão governamentais e a denúncia de ONGs faz com que mudanças aconteçam de forma mais rápida.

Em contato com vários produtores que já aplicam a gestão sustentável em suas propriedades vejo vantagens como uso racional dos recursos, valorização e manutenção da mão de obra, acesso a mercados diferenciados, redução dos passivos trabalhistas e ambientais, além de uma gestão mais eficiente do ponto de vista econômico, pois passam a ter maior controle sobre sua produção.

- Publicidade -

Vale ressaltar que alguns segmentos do agronegócio ainda não passaram por essa transformação, mas com certeza o mercado logo irá cobrar mudanças.

No final sobrevive aquele capaz de incorporar essa nova realidade e aproveitar as oportunidades desse novo cenário.

*O autor é coordenador da divisão de Fomento Agropecuário da Prefeitura de Poços, professor universitário, consultor em gestão sustentável do agronegócio, técnico agrícola e administrador especialista em Cafeicultura Sustentável. Também foi, por três anos, diretor do programa Mídia Rural da TV Poços.

Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!