- Publicidade -
14.9 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Seis rapazes são presos por espancamento até a morte

- Publicidade -
Entre os seis envolvidos, dois são menores de idade
Entre os seis envolvidos, dois são menores de idade

Foram apresentados nesta segunda-feira (19) os seis acusados de terem espancado até a morte o servente de pedreiro Clebson de Souza, na madrugada do dia 13 de julho. Cinco rapazes, entre eles um menor de idade, foram presos durante a manhã de hoje, em suas residências. Outro menor já havia sido apreendido na quinta-feira (08). “Todos relataram, em maior ou menor grau, terem participado das agressões”, disse a delegada Maria Cecília Gomes Flora.

De acordo com a Polícia Civil, a agressão ocorreu após um dos menores discutir com a vítima, no Parque José Affonso Junqueira. Também havia outras pessoas no local, mas que não participaram do espancamento.  Eles foram identificados com a ajuda de um dos presos pela morte de Wesley Luís Moreira, que aconteceu mês passado. O rapaz contou que estava no local do crime e apontou um dos suspeitos.

- Publicidade -

O inquérito será concluído em dez dias e enviado à justiça. No momento, os investigadores aguardam o laudo que identifica a presença de álcool ou drogas no corpo da vítima. Também serão investigadas outras agressões que ocorreram no local com o objetivo de verificar se as mesmas pessoas estão envolvidas.

Menor de idade confessou ter sido o primeiro a bater
Menor de idade confessou ter sido o primeiro a bater

Covardia

- Publicidade -

Os quatro presos maiores de idade são Franklin William Albino, 18, Lucas Junio dos Reis, 19, Vagner Henrique Amâncio, 22, e Eduardo Rafael Gonçalves, 18. Os outros dois envolvidos tem 17 anos de idade. Um deles conversou com a imprensa e assumiu ter sido o primeiro a bater.

Segundo ele, a vítima estava procurando por drogas e urinou próximo ao menor, o que teria motivado a briga. Quando perguntado se houve covardia, o acusado respondeu: “Eu bati nele sozinho e depois ficou lá o resto batendo. Covardia foi ele mijar perto da minha mulher”.

Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!