- Publicidade -
24.4 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Vereador retoma questionamentos sobre irregularidades no Instituto Sollus

- Publicidade -
Pedido foi enviado ao Tribunal de Contas do estado
Pedido foi enviado ao Tribunal de Contas do estado

O destaque da sessão da Câmara Municipal desta terça-feira (10) é o requerimento feito pelo vereador Flávio Faria (PT) ao Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais. O objetivo é verificar qual o andamento das investigações a respeito do contrato municipal com o Instituto Sollus, realizado na administração anterior.

O Instituto Sollus começou a prestar serviços em Poços de Caldas no ano de 2007, quando o Consórcio Intermunicipal de Saúde da Microrregião do Alto Rio Pardo (Cismarpa) deixou de administrar o Programa Saúde da Família. As atividades foram encerradas em 2009, mesmo ano em que o vereador questionou a prestação de contas. Houve investigação da Polícia Federal e do Tribunal de Contas, mas até o momento a Câmara não recebeu nenhuma resposta desses órgãos.

- Publicidade -

Visita Internacional

Durante a sessão, os vereadores receberam o senador italiano Fausto Guilherme Longo, que está visitando a região. O senador  é cidadão ítalo-brasileiro, natural da cidade de Amparo (SP). Fausto concorreu a uma vaga no Senado Italiano nas eleições de 2013, pelo Partido Socialista Italiano (PSI), com a missão de representar a colônia italiana na América do Sul.  O discurso realizado na sessão deixou clara a admiração do político por Poços de Caldas. “Poucas cidades na Itália carregam essa expectativa, essa esperança que a gente percebe que pulsa aqui na cidade de Poços de Caldas”, comenta.



- Publicidade - Laboratório Prognose
- Publicidade - Laboratório Prognose
- Publicidade - Laboratório Prognose
- Publicidade - Laboratório Prognose
Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!