- Publicidade -
22.5 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Prefeito vai a protesto e se compromete a dialogar com comissão

- Publicidade -
Mais de cinco mil participaram do protesto
Mais de cinco mil participaram do protesto

De acordo com a Polícia Militar, mais de cinco mil pessoas participaram da manifestação organizada pelo movimento estudantil local, que aconteceu na noite desta quinta-feira, 20, no centro de Poços de Caldas. Os manifestantes pedem diminuição da taxa do transporte coletivo municipal. A manifestação saiu da Praça Pedro Sanches por volta das 18h, passou pela Avenida Francisco Salles em direção ao Terminal de Linhas Urbanas. De lá, seguiu pelas ruas Assis Figueiredo, Barros Cobra, Rio Grande do Sul e São Paulo, com término em frente à Prefeitura, às 21h.

O prefeito Eloísio do Carmo Lourenço compareceu, após ser chamado pela multidão. Ele disse que é solidário à causa mas não pode prometer a redução da tarifa, que hoje é de R$2,80, como havia sido adiantado em entrevista exclusiva ao Poços Já. Em meio a momentos de vaia e de aplausos, o chefe do executivo solicitou que seja formada uma comissão para discutir o assunto no gabinete. “Eu gostaria de me colocar a disposição dos representantes de vocês.” Mesmo assim, os manifestantes marcaram mais uma reunião na porta do prédio para amanhã às 18h, solicitando a presença do prefeito.

- Publicidade -
Prefeito Eloísio disse que vai negociar com comissão
Prefeito Eloísio disse que vai negociar com comissão

Os cartazes apoiaram diversas causas. Além do transporte coletivo, havia reclamações em relação à PEC 37 e ao Ato Médico. No momento em que os manifestantes chegaram ao Terminal de Linhas Urbanas não havia nenhum ônibus no local, apenas viaturas do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar. A PM orientou a Circullare para que os ônibus ficassem em outros pontos, próximos ao Terminal, para embarque dos passageiros.

Três pessoas foram presas durante o protesto. Dois rapazes que soltaram bombas caseiras no meio da multidão e outro que estava danificando um carro na Rua Assis Figueiredo. Outra manifestação foi marcada para sábado, às 15h.



- Publicidade - Laboratório Prognose
- Publicidade - Laboratório Prognose
- Publicidade - Laboratório Prognose
- Publicidade - Laboratório Prognose
Veja também
- Publicidade -















Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!