- Publicidade -
21 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Poços recebe encontro regional sobre inclusão e acessibilidade

- Publicidade -
Encontro reúne lideranças da região
Encontro reúne lideranças da região

Poços de Caldas recebe, nesta quinta-feira, 13, o 17º Encontro da Frente Sul Mineira de Defesa os Direitos da Pessoa com Deficiência. A cada dois meses, a Frente visita uma cidade da região para discutir melhorias nas políticas públicas relacionadas a acessibilidade e inclusão.

O evento está sendo realizado no Palace Hotel e conta com a participação das cinco entidades locais que compõe o CONPEDE, Conselho Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência de Poços de Caldas: ADEFIP, AACD, Escola Municipal Dr. Tarso de Coimbra, AADV e APAE.

- Publicidade -

A diretora de Promoção Social da APAE, Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais, Andrea Marcondes de Assis, participa do encontro para discutir novas formas de inclusão dos deficientes na sociedade, seja na escola, no trabalho, lazer ou esporte. “Que a gente consiga efetivar esses direitos, discutir entre as pessoas com deficiência. Que eles mesmos possam falar o que é importante para eles, reivindicar e se unir para exercer os próprios direitos.”

Uma das maiores reivindicações locais é a gratuidade da passagem no transporte coletivo. Mas a inclusão também é um desafio. “Nem todas as escolas estão adaptadas. Tem calçadas que não conseguimos passar porque não tem traffic calming. Por outro lado, hoje as empresas buscam deficientes para cumprimento de cota, o que contribui para a independência financeira”, explica o presidente do CONPEDE, Carlos Armani.

- Publicidade -

No mês de fevereiro, o evento foi realizado em Varginha. O presidente do CODEVA, Conselho Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência de Varginha, conta que um dos maiores avanços na cidade foi a questão do passe livre. Os deficientes são selecionados de acordo com a condição financeira e tem direito a quatro passes diários.  “Conseguimos excluir muita gente que estava sendo atendida indevidamente. Melhorou a qualidade de vida das pessoas com deficiência”, conta Luiz Carlos Bruzzi.

Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!