- Publicidade -
18.3 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Secretaria de saúde vai orientar profissionais da saúde sobre H1N1

- Publicidade -

A secretária de saúde de Poços de Caldas, Aparecida Linhares Pimenta, falou com o Poços Já sobre o caso de morte por H1N1 ocorrido neste sábado. Ela explicou que o vírus não foi confirmado por meio de exames. Rosângela Maria Fabiano Moreira estava com síndrome respiratória aguda grave, um sintoma comum em pacientes com H1N1. Por isso, foi iniciado o tratamento com Tamiflu apenas com o diagnóstico clínico.

Há mais quatro casos na cidade com essa síndrome. Todos estão internados no hospital da Santa Casa, dois deles em estado grave. Em Minas Gerais, 28 pessoas já morreram devido ao mesmo problema, somente em 2013. A secretária de saúde explica que fará uma reunião amanhã com as equipes do Hospital Margarita Morales e da Policlínica, para passar a orientação do Ministério da Saúde quanto à gripe A. Rosângela foi internada na Santa Casa após passar sete dias indo ao Margarita Morales, sem o diagnóstico correto.

Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!