- Publicidade -
17.2 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Mulher morre com suspeita e H1N1

- Publicidade -
Rosângela fundou o motoclube Coiote Doido
Rosângela fundou o motoclube Coiote Doido

Uma mulher morreu na madrugada deste sábado, 25, com suspeita de H1N1. Rosângela Maria Fabiano Moreira, 47, estava internada  no Centro de Terapia Intensiva do hospital da Santa Casa de Poços de Caldas desde o dia 20 deste mês. O diagnóstico foi assinado pelo médico Victor Cardillo. Porém, no atestado de óbito a causa da morte é insuficiência respiratória.

A filha de Rosângela, Marcela Fabiano Moreira, conta que a mãe começou a se sentir mal no dia 13 de maio. Ela foi ao Hospital Margarita Morales, onde foi receitado apenas paracetamol.  Como não houve melhora, ela continuou indo ao hospital. Após um exame de sangue feito no dia 20, ela foi transferida para a Santa Casa e passou a receber o antiviral TAMIFLU,  medicação contra a gripe H1N1.

- Publicidade -

Marcela acredita que o atendimento poderia ter sido melhor. “Houve negligência. Se o diagnóstico tivesse sido feito antes, ela poderia ter sido salva”. O hospital da Santa Casa ainda não se pronunciou sobre o caso.

Médico assina diagnóstico de pneumonia viral causada por H1N1
Médico assina diagnóstico de pneumonia viral causada por H1N1

Fundadora do motoclube Coiote Doido, Rosângela recebeu uma homenagem dos motociclistas durante o enterro, que foi no Cemitério Parque, às 15h. “A homenagem foi maravilhosa e eu tenho certeza que ela foi pro céu muito feliz”, agradece a filha Marcela.

Veja também
- Publicidade -












Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!