- Publicidade -
21 C
Poços de Caldas

- Publicidade -

Município encaminha projeto de doação de área do novo Fórum

- Publicidade -
Prefeito e desembargadora durante solenidade de implantação do Sistema de Processo Judicial Eletrônico em Poços de Caldas
Prefeito e desembargadora durante solenidade de implantação do Sistema de Processo Judicial Eletrônico em Poços de Caldas

Durante a solenidade de implantação do Sistema de Processo Judicial Eletrônico no Foro Trabalhista de Poços de Caldas, realizada na noite da última segunda-feira (15), a presidente do Tribunal Regional do Trabalho, desembargadora Deoclecia Amorelli Dias, destacou a importância da doação de uma área para a construção do Fórum da Justiça do Trabalho no município.

“Este processo vem se arrastando por muito tempo. A desembargadora nos solicitou, então, que fosse feita a doação de uma área desimpedida e dotada das condições necessárias para a concretização da obra, o que está sendo feito agora”, explicou o prefeito Eloísio do Carmo Lourenço.

- Publicidade -

A área está localizada no Jardim Country Club, na zona oeste da cidade. De acordo com o prefeito, o Executivo já encaminhou à Câmara, projeto de lei que autoriza a desafetação e doação do terreno à União, com destinação ao Tribunal Regional do Trabalho.

O projeto deu entrada na última semana e está em tramitação na Câmara. A desembargadora ressaltou que a Justiça do Trabalho está em Poços de Caldas há mais de 20 anos e que a demanda crescente de processos fez com que fosse criada mais uma vara, instalada em 2005. “Desde então, estamos em imóveis alugados e temos procurado meios de doação de áreas ou mesmo a compra de imóveis, mas tivemos dificuldades de todos os níveis”, explicou a presidente do TRT.

- Publicidade -

Ela enfatizou que a “capital do Sul de Minas” é a única cidade da região que ainda não conta com prédio próprio da Justiça do Trabalho. Para ela, a obra é necessária e urgente e representará um grande ganho para juízes, advogados, servidores e, especialmente, para os jurisdicionados, que terão acesso aos serviços da Justiça do Trabalho em um prédio próprio, unificando o trabalho, com instalações adequadas que levam em conta os princípios de acessibilidade. “A construção é da maior urgência. Todos ganharão, principalmente a população”, celebrou.

Semana passada, o Poços Já mostrou que os funcionários do Fórum sofrem com a falta de espaço.

- Publicidade -

Fonte: ACS Prefeitura Municipal de Poços de Caldas

 



- Publicidade - Laboratório Prognose
- Publicidade - Laboratório Prognose
- Publicidade - Laboratório Prognose
- Publicidade - Laboratório Prognose
Veja também
- Publicidade -






Mais do Poços Já
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Don`t copy text!